Últimas notícias:
Loading...

Centro de Educação Profissional de Campinas abre vagas em cursos técnicos gratuitos

Cada turma tem 30 vagas. As aulas são ministradas exclusivamente no Ceprocamp Centro, em Campinas (SP)

O Centro de Educação Profissional de Campinas (Ceprocamp), vinculado à Fundação Municipal para a Educação Comunitária (Fumec), abre 150 vagas para cursos técnicos gratuitos em nível médio para o primeiro semestre de 2024.

As inscrições começam nesta segunda-feira, 4, às 9h, e podem ser feitas, exclusivamente, pela internet (fumec.sp.gov.br/ceprocamp), até o dia 15 de dezembro.

Ceprocamp abre vagas em diversos cursos técnicos gratuitos
Créditos: Divulgação/PMC
Ceprocamp abre vagas em diversos cursos técnicos gratuitos

Os cursos técnicos gratuitos ofertados pelo Ceprocamp são:

  • Enfermagem (manhã);
  • Administração (tarde e noite);
  • Meio Ambiente (noite);
  • Segurança do Trabalho (noite).

Cada turma tem 30 vagas. As aulas são ministradas exclusivamente no Ceprocamp Centro, ao lado da Estação Cultura.

Como se inscrever nos cursos técnicos gratuitos

Para se inscrever nos cursos técnicos gratuitos, o candidato deverá estar cursando, em 2024, o 2º ano do ensino médio regular, o 2º termo do ensino médio/EJA, ou ter concluído o ensino médio, ser classificado dentro do número de vagas oferecidas no curso escolhido e possuir e-mail válido.

Além disso, deve possuir a idade mínima de 16 anos para todos os cursos, exceto para os técnicos em Segurança do Trabalho e Enfermagem, cuja exigência é ter completado 18 anos até a data de início das aulas, previstas para começarem em 5 de fevereiro de 2024.

De acordo com Andréa Jaconi, gerente dos Programas de Educação Profissional do Ceprocamp, o ensino técnico amplia consideravelmente as chances de quem deseja ingressar de forma mais rápida no mercado de trabalho.

“Uma pesquisa realizada pelo Insper, em parceria com o Itaú Educação e Trabalho e o Instituto Unibanco, divulgada esta semana, mostra que a educação técnica está entre os investimentos públicos mais rentáveis no País”, afirma Andréa.