EM ALTA

Conheça os 10 cursos técnicos do Senai que mais empregam

Já pensou em estudar, se preparar e, em menos de um ano, após a formatura, já conseguir um emprego na sua área?

Por ter como principal objetivo formar profissionais para o mercado de trabalho, os cursos técnicos são o caminho para quem busca emprego e ascensão na carreira, já que as capacitações também dão base para uma formação de nível superior

Conheça os 10 cursos técnicos do Senai que mais empregam
Créditos: Divulgação
Conheça os 10 cursos técnicos do Senai que mais empregam

Pesquisa realizada entre 2021 e 2023 com ex-alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), principal instituição que forma para a indústria, mostra que, em média, 84,4% dos egressos estão empregados em até um ano após a conclusão do curso. Em alguns cursos, porém, esse índice é superior a 90%. 

No ano passado, o Senai registrou 286,9 mil matrículas em cursos de nível técnico –número que também é crescente. Para se ter uma ideia, de 2020 para 2023, houve um aumento de 72% no número de matrículas nesse tipo de curso na instituição.

Os cursos técnicos têm como pré-requisito estar matriculado ou já ter concluído o ensino médio e carga horária mínima de 800 horas, sendo a duração de um a três anos. 

A formação desses profissionais é essencial para a competitividade do setor.

O Mapa do Trabalho Industrial –levantamento realizado a cada dois anos pelo Senai para projetar a demanda por formação e as novas vagas em ocupações industriais– estima que, no período de quatro anos (2022 a 2025), haverá um crescimento de 6,3% no número de postos de trabalho industriais de nível técnico: serão abertas novas 136 mil vagas formais.

Para preencher esses novos postos e repor mão de obra inativa, será necessário formar 302,2 mil técnicos industriais e requalificar 1,3 milhão de técnicos já empregados, mas que precisam se atualizar com os novos processos e tecnologias da indústria. 

10 cursos técnicos do Senai com as melhores taxas de ocupação

1º – Mecânica 96,5%   

2º – Alimentos 95,2%

3º – Mecânica de Manutenção 94,7% 

4º – Refrigeração e Climatização 94,5% 

5º – Eletromecânica 94,4%

6º – Automação Industrial 93,2% 

7º – Fabricação Mecânica 93%

8º – Eletrotécnica 92,7%  

9º – Soldagem 91,3%  

10º – Manutenção de Máquinas Industriais 90,6%