Cursos de inglês gratuitos online e presenciais, saiba mais

Por: Redação | Comunicar erro

O estudo de uma segunda língua é essencial para se destacar no mercado de trabalho. O inglês, por exemplo, é muito útil se você tem o desejo de estudar em outro país ou fazer um intercâmbio.

Sabia que você pode fazer um curso de inglês de graça? Veja as dicas a seguir e aproveite.

MEC está com inscrições abertas para curso grátis de inglês

O Ministério da Educação (MEC), por meio do programa Idiomas Sem Fronteiras (IsF), oferece aulas de inglês gratuitas para estudantes, técnicos e docentes de instituições de ensino superior cadastradas, e também professores da educação básica.

Trata-se do curso My English Online. Abrem-se inscrições em geral em todos os semestres. Por isso, é conveniente ficar de olho nas regras de inscrição e participação.

Bandeira norte-americana
Crédito: Getty Images/iStockphotoCurso de inglês gratuito é oferecido pelo MEC

O curso de língua inglesa tem versão on-line e é autoinstrucional, que oferece um pacote de atividade interativas voltadas ao desenvolvimento das habilidades de leitura, compreensão oral e gramática do idioma.

O curso é dividido em cinco níveis de aprendizado. Os quatro primeiros níveis (iniciante, básico, pré-intermediário e intermediário) dividem-se em três módulos cada um, denominados Progress Test 1, Progress Test 2 e Final Test.

Já o nível 5 (avançado) oferece preparação para três exames de proficiência na língua inglesa:

  • Cambridge English – Advanced (CAE);
  • Cambridge English –  First (FCE);
  • Test of English as a Foreign Language (TOEFL).

O participante é contemplado com um certificado para cada nível realizado.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site do IsF (clique aqui). Depois de se inscrever, é preciso realizar o Placement Test, um teste que vai indicar o seu nível de conhecimento da língua. O usuário tem até 20 dias para entrar no My English Online, fazer o login e começar os estudos (sem se ausentar por mais de 45 dias).

Para saber tudo sobre as regras de participação no My English Online, acesse aqui.

Embaixada dos EUA oferece curso de inglês on-line gratuito

Brasileiros interessados em estudar inglês na área de STEM (sigla em inglês que significa Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) podem se inscrever para um curso gratuito e on-line oferecido pela Embaixada dos EUA e Universidade da Pensilvânia.

O curso está disponível na plataforma de ensino Coursera. Os alunos terão a oportunidade de explorar algumas das áreas mais inovadoras do estudo científico e expandir o vocabulário e a proficiência na língua inglesa para suas carreiras profissionais.

As aulas abordam como o método científico pode ser usado para explorar os impactos das mudanças climáticas. Além de pesquisas sobre fontes de energia alternativa e aplicações da nanotecnologia.

Para melhor compreensão dos temas da área de STEM, os estudantes farão um projeto final sobre algum experimento científico.

O conteúdo do curso pode ser acessado de graça. No entanto, para obter o certificado é preciso ser aprovado com um mínimo de aproveitamento em todas as tarefas propostas e pagar uma taxa de 29 dólares.

Escola de idiomas oferece minicurso gratuito de inglês

Alunos em sala de aula com mãos levantadas
A proposta do minicurso do CNA é familiarizar o estudante com o inglês

A escola de idiomas CNA oferece, em fevereiro, um minicurso gratuito de inglês.

As Snack Aulas CNA são voltadas para pessoas que têm pouco conhecimento da língua inglesa. Assim, poderão se familiarizar com o idioma.

O minicurso é composto por quatro aulas de 60 minutos e visa ensinar o básico da comunicação no inglês.

Para participar, basta entrar em contato com a unidade CNA mais próxima e verificar a disponibilidade dos cursos.

A lista completa de endereços pode ser conferida no site da escola.

Cultura Inglesa e PUC-SP oferecem cursos de inglês gratuitos para professores

Professores com licenciatura na Língua Inglesa, efetivos ou temporários, que estejam ministrando aulas na rede de ensino estadual, ou professores efetivos que desempenham funções relacionadas à formação unificada, check this out!

A rede de escolas de idiomas Cultura Inglesa, em parceria com a PUC-SP, abriu as inscrições para o programa de Formação Contínua de Professores de Inglês da Rede Pública.

O curso é voltado para o aprimoramento do idioma e tem até 18 meses de duração (carga horária de 360 horas).

Além disso, a iniciativa oferece vagas semestralmente para um curso online de aperfeiçoamento pedagógico, com duração de apenas três semestres (carga horária de 180 horas).

Todos os cursos são gratuitos. Verifique o edital para novas turmas e detalhes de regulamentação no Diário Oficial ou no site da Faculdade Cultura Inglesa.

4 cursos gratuitos para melhorar seu inglês

Saber falar inglês pode ser um diferencial determinante na hora de conseguir o emprego que você deseja. Para quem não quer gastar nem sair de casa, os cursos online gratuitos são a melhor solução.

Selecionamos quatro. Três deles não têm data para começar e podem ser feitos a qualquer momento; confira:

Grammar and Punctuation

Esse curso oferecido pela Universidade da Califórnia, nos EUA, é focado nos conceitos gramaticais da língua inglesa, fundamentais para quem deseja aprender o idioma. É o primeiro de uma série de cinco cursos disponíveis online.

A duração é de quatro semanas, com 5 horas semanais de dedicação.

Início do curso: pode ser feito a qualquer momento

Duração: 4 semanas

Inscreva-se aqui

Conversational English Skills

A universidade chinesa TsinghuaX oferece esse curso de oito semanas para quem deseja ampliar o vocabulário e melhorar a habilidade de conversar em inglês.

Além de aprender palavras e expressões-chave da língua, os estudantes conhecerão um pouco da cultura dos Estados Unidos, da Grã-Bretanha, do Canadá, da Austrália e da China.

Início do curso: pode ser feito a qualquer momento.

Duração: 8 semanas.

Inscreva-se aqui.

English Composition

Esse curso introdutório da Universidade do Estado do Arizona, nos EUA, é indicado para quem quer aperfeiçoar a escrita no idioma. As aulas vão ajudar a desenvolver e expressar as ideias de forma eficaz em situações diversas, para públicos e propósitos variados.

O curso pede um pouco mais de dedicação do que os outros, com cerca de 18 horas semanais.

Início do curso: pode ser feito a qualquer momento.

Duração: 8 semanas.

Inscreva-se aqui.

ZapEnglish

O curso oferece uma série de arquivos de áudio com falantes nativos, lista completa de vocabulários com áudio, quiz para treino de conhecimento e gramática completa.

Pode ser feito a qualquer momento, e você pode verificar as diversas partes do curso no link aqui.

Curso de inglês gratuito em vídeos de três minutos

Minicursos são uma ótima opção para quem quer aprender os fundamentos básicos de uma língua de maneira rápida e sem muita complicação.

Já existem sites que se dedicam a oferecer esse conteúdo totalmente gratuito. Como é o caso da startup “Você Aprende Agora”. Trata-se de um curso online, desenvolvido pelo professor Felipe Dib, que reúne mil aulas de inglês em vídeos com cerca de três minutos de duração cada.

A ideia é fazer com que o aluno possa aprender em uma única aula o que cursos tradicionais ensinam em um mês. A metodologia de ensino rápido foi criada por Dib e tem como referência teórica a Cambridge University, da Inglaterra.

O aluno deve dedicar dez minutos do seu dia a cada lição. Aqueles que concluírem todas as aulas recebem o certificado do Institute of Education. Clique aqui para se inscrever no curso.

As aulas estão divididas em 11 módulos:

  1. Iniciante
  2. Básico I
  3. Básico II
  4. Básico 
  5. Básico IV
  6. Intermediário I
  7. Intermediário II
  8. Intermediário III
  9. Avançado I 
  10. Avançado II
  11. Fluente

Site Polyglot tem curso on-line e gratuito de inglês

O site Polyglot conta com cursos on-line e gratuitos de diversos idiomas, inclusive de inglês. E o melhor: o acesso a todas as páginas é gratuito.

Acesse o Polyglot e saiba mais.

Sesc oferece cursos gratuitos de inglês

Você sabia que o Sesc Rio oferece cursos de idiomas gratuitos ou com mensalidades a preços populares? Ao todo, o programa abrange 14 unidades em todo o estado.

Podem se inscrever crianças a partir de 10 anos, regularmente matriculadas no Ensino Fundamental, e adolescentes a partir de 15 anos, além de adultos de todas as idades. As vagas gratuitas são destinadas a pessoas com renda familiar bruta até três salários mínimos nacionais.

Participam do projeto as unidades de Campos, Copacabana, Duque de Caxias, Engenho de Dentro, Madureira, Niterói, Tijuca, São Gonçalo, São João de Meriti, Teresópolis, Santa Luzia (Centro do Rio), Três Rios, Nova Friburgo e Nova Iguaçu.

Para se inscrever é preciso comparecer ao local de interesse, munido de identidade, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda, para os que tentarem vaga pelo programa de gratuidade.

A oportunidade é para o nível básico. Os candidatos que tenham algum conhecimento da língua serão encaminhados para testes de nivelamento. Para os que não se enquadram no perfil para vagas gratuitas, o valor do curso (referente ao material didático) pode ser parcelado em até cinco vezes.

O horário de inscrição é o de atendimento da unidade. Para verificar, basta acessar o portal do Sesc e buscar pelo local de interesse.

Projeto dá curso gratuito de inglês para mulheres em Paraisópolis

Apresentar o domínio do inglês no currículo abre muitas portas para quem está em busca de uma colocação no mercado de trabalho. No entanto, pagar por aulas particulares não está ao alcance de todos. Principalmente de quem mora nas periferias e luta por mais acesso à educação.

Pensando nisso, o projeto social Voice – Inglês para Elas, iniciativa da designer gráfica Amanda Areias, oferece um curso de inglês gratuito exclusivamente para mulheres. As aulas acontecem no Jardim Colombo, que fica ao lado de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo.

“É um diferencial enorme no currículo das pessoas, mas infelizmente a educação brasileira não dá o devido valor para isso (nem na rede pública, nem na privada)”, observa Amanda, que já deu aulas de português voluntariamente para refugiados na ONG Adus.

Curso gratuito de inglês em Paraisópolis

Por que fazer um projeto de inglês só para mulheres

Sobre fazer o projeto apenas para mulheres, Amanda explica que um dos motivos é o empoderamento feminino. E a vontade de fazer com que elas se sintam mais confiantes na hora de conseguir uma vaga de emprego. “Falando inglês, essas mulheres terão mais chances de serem contratadas e terão em seus currículos um diferencial”, diz.

Camila Cassimiro, 30 anos, é moradora do Jardim Colombo e uma das estudantes do curso. Para ela, “iniciativas como esta motivam as pessoas a buscar um melhor aprendizado e tentar aprender mais para passar o que recebeu adiante”.

“Após finalizar o curso, pretendo sair fluente”, afirma, aos risos. “Isso depende apenas de mim, pois os professores nos incentivam bastante. Com o inglês posso buscar um emprego melhor. Por ser uma língua universal, também nos tornamos ainda mais independentes e confiantes”, finaliza.

Como são as inscrições para ter as aulas de inglês

Inscrições são abertas para novas turmas e módulos em vários meses do ano. Por isso, vale a pena ficar atenta às publicações nas redes sociais do projeto. No Instagram, siga: @voiceinglesparaelas; e no Facebook, curta a página https://www.facebook.com/voice.inglesparaelas/

Com as inscrições abertas para um dos módulos, as interessadas devem ir até a Rua Clementine Brenne, 857 – Projeto Viver, para preencher a ficha de inscrição, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e levar documento com foto (RG ou CNH). Os pré-requisitos são: ser mulher e ter 14 anos ou mais.

São desenvolvidas apostilas gratuitas para as alunas. Além disso, a ideia é organizar palestras e atividades com estrangeiros para colocar em prática o que se aprende em sala de aula.

Normalmente, cada módulo tem duração de três meses. Depois, as alunas avançam para o próximo nível. Confira a página do Voice – Inglês para Elas no Facebook para mais informações.

Britânico cria escola de inglês gratuita na Rocinha

Jody King, 30 anos, mudou-se para o Rio de Janeiro há três anos e recentemente criou o Favela Phoenix, uma escola de inglês que ensina o idioma gratuitamente para os moradores da Rocinha, zona sul da cidade.

De Newcastle, na Inglaterra, Jody trabalhava com construção de andaimes e música. Decidiu mudar de vida e vir ao Brasil para praticar fotografia, um de seus passatempos, e aprender uma nova língua, segundo o jornal Fala Roça.

A escola atende os moradores com aulas de segunda a sexta-feira, na parte da manhã e à noite. Professores contratados pelo projeto ministram as aulas.

O britânico também está aberto a receber voluntários e pessoas que queiram ajudar o projeto. O contato é pelo e-mail: favelaphoenix@gmail.com. A escola fica na Rua José Inácio de Assis, 13, no espaço Laboriaux.

11 aulas de inglês no YouTube para tirar as dúvidas sobre gírias

Uma curiosidade de muita gente que está aprendendo inglês são as gírias (ou os palavrões) da língua. Para aprender este vocabulário informal, falado nas ruas e entre amigos, separamos  11 aulas de inglês disponibilizadas no YouTube por professores gringos e brasileiros fluentes.

A pronúncia correta das gírias (como no caso de bitch, muito confundido com beach na hora de falar e o que pode dar um problemão) ou até mesmo como rir em inglês na internet e usar abreviações são temas abordados nas aulas.

Então, vamos aprender? Confira abaixo e anote as dicas:

1. Conhece todas as maneiras de usar a palavra bitch?

2. As diferenças de piss

3. Gírias a abreviações utilizadas pelos norte-americanos na internet

4. Sabe o que significa #tbt, aquela tag do Instagram?

5. Palavras como on fleek, basic, bae e slay

6. Ou também as siglas LOL, OMG e BFF

7. Expressões do cotidiano para se referir à um amigo ou sua personalidade

8.  Professor explica as expressões once in a blue moonspeak of the devil e mais

9. Aprenda também gírias britânicas

10. E quais são as mais populares na Inglaterra

11. Um pouquinho de gírias australianas

1 / 8
1
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
2
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
3
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
4
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
5
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
6
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
7
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
8
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …