Últimas notícias:

Loading...

Baixe de graça 14 obras de Paulo Freire, grande nome da pedagogia

Por: Catraca Livre

A educação é um ato político diretamente ligado à pedagogia – é o que defende Paulo Freire, educador, pedagogo e filósofo brasileiro, que viveu entre 1921 e 1997. Para promover a leitura das obras deste grande nome, o site Farofa Filosófica disponibilizou 14 títulos para download gratuito.

Nomeado em 2012 o Patrono da Educação Brasileira, Freire é considerado um dos mais importantes pensadores da história da pedagogia, tendo influenciado o movimento chamado pedagogia crítica, que revê a relação do ensinar e aprender promovendo aos alunos uma visão crítica e questionadora sobre a educação e o poder, por exemplo.

O site Farofa Filosófica disponibilizou 14 obras de Paulo Freire para download gratuito.

“A educação faz sentido porque mulheres e homens aprendem que através da aprendizagem podem fazerem-se e refazerem-se, porque mulheres e homens são capazes de assumirem a responsabilidade sobre si mesmos como seres capazes de conhecerem.” (Freire, 2004, p. 15)

O trabalho de Paulo Freire foi reconhecido por diversas vezes. O acadêmico ganhou 29 títulos de Doutor Honoris Causa de universidades da Europa e América e o prêmio da UNESCO de Educação para a Paz em 1986.

Para fazer o download das obras, clique aqui.

  • Pedagogia e Paulo Freire

Paulo Freire é considerado uma referência na educação brasileira, com atuação e reconhecimento internacionais. Autor de diversas obras pedagógicas, ele fez história e deixou um legado que permanece vivo.

Freire se dedicou a corrigir um problema grave em seu tempo: os índices elevados de analfabetismo no Brasil, especialmente entre a população mais pobre. Conhecido principalmente pelo método de alfabetização de adultos que leva seu nome, ele desenvolveu um pensamento pedagógico assumidamente político.

Paulo Freire é considerado um dos mais importantes pensadores da história da pedagogia.

Para ele, o objetivo da educação é conscientizar. Assim, defende que as camadas menos favorecidas da sociedade precisam entender a situação de opressão para agir em favor da própria libertação.

Em suas observações, Freire enxerga que o modelo da maioria das escolas convencionais (escolas burguesas) alienam – o professor deposita conhecimento no aluno receptivo e dócil. Assim, ele defende em sua pedagogia a curiosidade, o espírito investigador e a criatividade. O aprendizado conjunto.

Leia Mais:

Compartilhe: