Dicas para aprender inglês e fazer um intercâmbio

Fazer intercâmbio é uma experiência única. Quer aproveitar melhor? Veja ótimas dicas de inglês para entender o idioma e suas expressões.

Por: Redação | Comunicar erro

Quer dicas de inglês? Se você faz parte da turma que quer falar inglês rapidamente, procuramos mais um especialista para ajudar nesse objetivo.

Confira só quais são as 5 recomendações de Luciano Luti, coordenador nacional da United Idiomas:

Crédito: Getty ImagesDiversifique os materiais. Estudar não precisa ser só revisar os exercícios do livro.

1. Faça das aulas uma prioridade

Nossas rotinas estão cada vez mais corridas e imprevistos sem dúvidas acontecem, mas para realmente aprender um idioma é preciso se dedicar, começando por ir às aulas com frequência e manter a concentração nesses momentos (algo cada vez mais difícil na era dos smartphones).

“É preciso marcar na agenda e fazer um esforço para não faltar. Se não soubermos priorizar o estudo, os resultados a longo prazo serão comprometidos. A dica é encontrar uma escola que se adapte melhor ao seu estilo de vida.

Na United, por exemplo, os horários são flexíveis e os alunos podem marcar e desmarcar conforme suas necessidades”, explica Luti.

2. Exercite constantemente

Devagar e sempre é uma das máximas do aprendizado de uma língua estrangeira. Separe 15 minutos do seu dia para estudar – pode ser no transporte público, na hora do almoço, antes de dormir.

É melhor praticar um pouco por dia do que por três horas seguidas de uma vez.

3. Diversifique os materiais

Estudar não precisa ser só revisar os exercícios do livro. Toda forma de contato com a língua, desde que consciente, é uma forma de estudo. “Não adianta ouvir música sem prestar atenção na letra. Mas você pode ouvir suas músicas preferidas com atenção, acompanhando a letra e tentando cantar junto.

Além de aumentar seu vocabulário e habilidade de escuta, você ainda treina a pronúncia”, afirma Luti. Vale lembrar que nem sempre as letras de música seguem as regras gramaticais de forma correta, por se tratar de uma linguagem mais próxima do dia a dia.

4. Use o idioma ao seu favor

Uma das vantagens de falar outro idioma é ter acesso a um grande número de informações e materiais que não estão disponíveis em português. Uma maneira de tornar o aprendizado mais divertido e natural é escolher um tema que seja de seu interesse e pesquisar sobre ele em inglês.

Existem canais no Youtube, por exemplo, sobre os mais diversos assuntos. “Com o tempo, nós vamos acostumando com a pronúncia e o jeito de falar de uma determinada pessoa, então acompanhando um mesmo canal por um tempo, a tendência é que vá ficando mais fácil entender o conteúdo dos vídeos”, recomenda Luti.

5. Não tenha vergonha de praticar

Tem um amigo estrangeiro? Alguém te pediu uma informação em inglês? Não tenha vergonha de aproveitar as oportunidades de praticar que forem aparecendo.

“Errar faz parte do processo de aprendizagem e não deve ser motivo de constrangimento, nem te impedir de continuar tentando”, reforça Luti.

Descubra as traduções ‘reais’ de expressões da língua inglesa

O gringo disse e você não entendeu? Algumas expressões em inglês, se traduzidas ao pé da letra para o português, ficam realmente bem confusas.

Mas calma, isso acontece! Para ensinar e facilitar a vida de estudantes e viajantes, a página E-Dublin, site que ajuda brasileiros que vão se aventurar na Irlanda, traz dicas de expressões comuns da língua inglesa.

O álbum ganha conteúdo sempre às quintas-feiras e já tem centenas de imagens. Veja algumas abaixo e clique aqui para ver todas as montagens.

Aprenda diferentes maneiras de dizer ‘mais ou menos’ em inglês

Em uma conversa com algum gringo, ele te pergunta se você gosta de tal coisa, e você quer responder “mais ou menos”. Você usaria more or less? Ok, está certo, mas não é a forma mais usual. Existem muitas outras maneiras de dizer a mesma coisa, dependendo do contexto.

No vídeo abaixo, o professor Cadu Teacher explica todas essas formas. E pode acreditar: aprender os diferentes usos das expressões vai enriquecer muito seu conhecimento no idioma.

Em tempo: para quem não conhece o canal dele no YouTube, vale a pena dar uma conferida. Por lá tem várias dicas para quem está aprendendo inglês. Sem mais demora, assista ao vídeo:

Conheça algumas expressões básicas em inglês

Que tal mais uma ajudinha, tanto para os intercambistas quanto para aqueles viajantes que vão para o exterior?

Veja a seguir um miniguia de expressões básicas em inglês para você treinar e se dar bem em sua viagem:

Cumprimentos

  • Bom dia: Good Morning
  • Boa tarde: Good afternoon
  • Boa noite: Good evening ou Good Night
  • Boa Noite – Good Evening x Good Night – Cuidado quando for aplicar essas expressões. O Good Evening é um BOA NOITE utilizado quando se encontra a pessoa após das 18h ao chegar em sua casa, em um restaurante, loja ou qualquer lugar. Já o Good Night é utilizado na despedida, ao final da noite, como se desejasse uma boa noite de sono.
  • Com licença: Excuse-me please
  • Como vai? : How are you doing?

Apresentações

  • Qual o seu nome? : What is your name?
  • Meu nome é FULANO : My name is FULANO

Pedindo ajuda

  • Eu preciso de uma informação: I need an information
  • Eu não falo inglês, apenas português: I don’t speak English, only portuguese.
  • Você pode me ajudar, por favor? : Can you help me, please?

Página reúne conteúdos para praticar inglês

Livros de inglês
Site “Inglês na Ponta da Língua” conta com diversos textos, dicas e truques para deixar seu inglês mais natural

Sugestões de livros, gírias, aplicativos, atividades, podcasts, testes, regras gramaticais e muito mais.

Mas tudo em inglês! Está tudo reunido no site Inglês na Ponta da Língua.

Trata-se de uma página com dicas de inglês simples, descomplicadas, humoradas, curiosas e de graça.

Você poderá aprender coisas que certamente não aprende em cursos de idiomas.

As novidades do projeto você pode acompanhar também pela fanpage do Facebook.

Uma série de artigos sobre expressões idiomáticas ajudam a ampliar seu repertório e vocabulário.

São diversos truques e dicas que ajudam a deixar o seu inglês mais natural, mais próximo do falado por nativos.

6 dicas para preparar seu inglês antes de fazer um intercâmbio

Fazer intercâmbio é uma experiência única que proporciona uma troca cultural, o contato com a história das nações, o aprofundamento nas relações humanas e, claro, o aprimoramento do idioma.

Por isso, vale a pena ficar ligado em dicas de inglês para aproveitar ao máximo tudo o que vai vivenciar lá fora.

O domínio do inglês é tão importante para que todas as oportunidades geradas sejam aproveitadas ao máximo. Austrália, Canadá, Estados Unidos e Reino Unido são os países mais buscados por brasileiros.

Que tal ver ótimas dicas de inglês para se prepara melhor?

Conseguir se comunicar e interagir em inglês já na chegada facilita a adaptação, permite maior riqueza na vivência e também a chance de escolher entre os cursos mais completos, já que muitos deles exigem níveis específicos de conhecimento.

Vista aérea de Nova York
Crédito: Getty Images/iStockphotoEstados Unidos está entre os países mais procurados para intercâmbio

Os especialistas Vinicius Nobre, gerente acadêmico da Cultura Inglesa São Paulo, e Alberto Costa, senior assessment manager de Cambridge English no Brasil (departamento da Universidade de Cambridge dedicado à certificação internacional de inglês), listam algumas dicas para você se preparar antes de embarcar:

1. Seja participativo e extraia o máximo das aulas de inglês

Aproveite o momento em sala de aula para interagir com os colegas colocando em prática o aprendizado e trazendo para o exercício de conversação temas que farão parte do cotidiano, como descrever a si mesmo e seus interesses, assim como aprofundar o conhecimento do outro.

Além disso, fale com o professor sobre seu objetivo e dificuldades para que ele possa trabalhar focado em atender essas necessidades. Treinar esses pontos fará com que o nível de insegurança seja menor, o que diminui as chances de retração e aumenta o preparo para desbravar o território, conhecer pessoas e habituar-se à nova rotina.

2. Faça buscas sobre o destino em inglês

Após escolher o destino, amplie a busca de detalhes, passeios e cotidiano do local para canais que trazem informação em inglês. Dessa forma, além de entrar em contato com conteúdos produzidos por pessoas do mundo todo, você passará a ter proximidade com descrições, gírias e expressões que certamente farão parte do novo dia a dia.

A familiarização com os termos e com a maneira de definir os lugares e os costumes ajudará depois no relacionamento e na interação com moradores locais ou mesmo outros visitantes estrangeiros. Ler o jornal da cidade pela internet também é uma boa forma de se aproximar do idioma e de ficar por dentro das notícias regionais.

3. Treine atividades cotidianas

Coisas simples, como a leitura de um cardápio, pedir uma informação ou preencher um formulário podem representar desperdício de tempo para quem tem dificuldades com o inglês. Para evitar essa situação, busque por atividades que estimulem o treino destas tarefas de forma remota.

É possível encontrar opções na internet, como a seção Learning English, disponível aqui, que reúne mais de 80 opções de exercícios gratuitos, com temas cotidianos como alimentação, entretenimento, relacionamentos interpessoais e trabalho.

4. Crie um glossário com termos relevantes

Organizar bem o conhecimento é fundamental para garantir maior segurança e desenvoltura na comunicação. Ao decidir fazer um intercâmbio, comece a selecionar termos e expressões que aparecem nas aulas, filmes e músicas e mantenha um registro que possa ser rapidamente acessado.

Tente focar na língua usada em interações informais e agrupe-as de acordo com a sua função (negociar, começar uma conversa, expressar interesse, discordar, etc). O aplicativo gratuito Lexical Book, criado pela Cultura Inglesa, permite que todo o seu aprendizado fique armazenado no seu celular. Disponível para iOS e Android.

5. Aumente a sua exposição ao idioma

Hoje em dia é possível criar oportunidades para o uso do inglês mesmo antes de mudar para outro país. Através de pequenas mudanças na sua rotina, o idioma pode entrar na sua vida de maneira mais direta, aumentando a sua segurança e o seu conforto ao se comunicar.

Mude a configuração do seu celular para inglês, por exemplo. Faça anotações pessoais, como listas de compras e pendências, em inglês. Mude o idioma principal do seu computador e privilegie leituras e programas de televisão na língua inglesa. Dessa forma, a imersão no idioma pode começar antes mesmo do intercâmbio.

6. Estude a cultura do seu destino

Um dos fatores mais importantes para uma comunicação de sucesso é a sensibilização aos aspectos culturais. Ao limitar sua preparação a palavras novas e estruturas gramaticais você pode desconsiderar fatores críticos de sucesso para uma comunicação eficiente.

Busque investigar, através de cursos de inglês que privilegiam o ensino da cultura, da internet e filmes, como os falantes de inglês do seu destino se comportam e como eles interagem socialmente. Muitas vezes desconhecemos regras de interações que podem garantir uma adaptação mais tranquila em um outro contexto.

Aspectos relacionados à privacidade, assuntos proibidos ou inapropriados e linguagem corporal são fundamentais para uma comunicação eficiente. Comunicar-se bem vai muito além do conhecimento de vocabulário e gramática.

1 / 8
1
30s
Onde ou Aonde?
Responda rápido: "Onde você quer ir jantar?" ou "Aonde você quer ir jantar?". Qual a resposta correta.
2
34s
Use “anexo” corretamente
Na hora de enviar um e-mail corporativo, você sabe como escrevê-lo corretamente?
3
34s
Senão ou se não?
Aprenda quando usar o "senão" ou "se não".
4
33s
Presente do Subjuntivo
Aprenda a usar corretamente o Presente do Subjuntivo.
5
02:13
O estilista que ensina de crochê em penitenciária masculina
O projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, tem como objetivo transformar a vida de detentos de uma penitenciária …
6
01:47
Como se apaixonar por Bach – Lição 10
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.
7
01:48
Como se apaixonar por Bach – Lição 9
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.
8
01:30
Como se apaixonar por Bach – Lição 8
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.