Entenda as principais tendências para a educação infantil

Por: Publi

Em um mundo em constante mudança, onde as demandas da nova geração são outras, o papel da escola precisa ser reinventado a fim de que as práticas pedagógicas se adequarem às atuais necessidades das crianças. A partir disso, o blog Novos Alunos, do SEB (Sistema Educacional Brasileiro), levantou algumas das principais tendências para a educação infantil que precisam ser consideradas.

1. Ensino personalizado e colaboração

É preciso pensar que cada aluno é único e que as novas formas de ensinar permitem que a criança seja protagonista do seu mundo. Portanto, são importantes aulas que estimulam o auxílio mútuo, a interação, a parceria.

Esses elementos, associados a atividades totalmente lúdicas, sem dúvida, tornam o aprendizado infantil muito mais divertido. Além disso, o trabalho em grupo desenvolve várias habilidades socioemocionais, como a colaboração, a comunicação e a autonomia.

Crédito: Getty ImagesNovos modelos para a educação

2. Aulas ao ar livre

A sala de aula está em todo lugar. Fora dos muros, é possível desenvolver atividades que estimulem as crianças a compreender o mundo e a se socializar. Ao cultivar uma horta, por exemplo, o aluno poderá ser despertado para questões de sustentabilidade e de como são produzidos os alimentos e a evitar o desperdício.

Ou a prática esportiva, que ajuda nas habilidades motoras gerais, equilíbrio mente-corpo e desperta o lado social.

3. Artes como estímulo à criatividade

Pintar um quadro, subir ao palco para atuar ou dançar, tocar um instrumento musical, são algumas maneiras da criança potencializar as suas habilidades intelectuais, exteriorizar o seu universo e criatividade. A partir daí, o aluno pode descobrir seus talentos e aprimorar conhecimentos. Confira o artigo na íntegra.

Leia também:

Compartilhe: