EM ALTA

MEC oferece cursos de inglês e espanhol 100% gratuitos

As oportunidades são para todo o Brasil, não há processo seletivo e nem limite de vagas

O Ministério da Cultura (MEC) está com vagas abertas em cursos gratuitos de inglês, francês e espanhol, na modalidade de ensino a distância (EaD).

Não é necessário fazer processo seletivo e o melhor, os cursos contam como horas complementares para a faculdade.

Os cursos, que possuem certificação, serão ofertados por intermédio da plataforma Aprende Mais. A iniciativa tem como finalidade atender às necessidades daqueles que desejam aprimorar suas habilidades linguísticas, além de fortalecer o currículo profissional.

MEC abre vagas para cursos de idiomas totalmente gratuitos
Créditos: Bet_Noire/iStock
MEC abre vagas para cursos de idiomas totalmente gratuitos

O projeto busca capacitar por volta de 820 estudantes até 2025. A maioria das turmas abertas têm como público-alvo estudantes de ensino médio e de ensino superior, porém, também há oportunidades para profissionais que trabalham com outros idiomas e para as pessoas que desejam aprimorar seus conhecimentos.

Há também vagas para curso de proficiência em língua portuguesa, que é indicado para refugiados e brasileiros naturalizados.

Como se inscrever nos cursos gratuitos do MEC?

O processo de inscrição é simples e acessível para todos. Os interessados devem:

  • Acessar o site da plataforma Aprenda Mais;
  • Selecionar a categoria “Idiomas, Línguas e Literatura”;
  • Escolher o curso de interesse entre as opções de Inglês, Espanhol, ou Francês.

Depois deste processo, os estudantes terão acesso aos módulos e atividades dos cursos.

Detalhes dos cursos

A carga horária cursos será de 40 horas e no formato de ensino a distância (EaD). As capacitações oferecem flexibilidade para que os alunos possam aprender conforme o seu próprio ritmo.

As vagas estão sendo disponibilizadas principalmente pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) e pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), que têm o maior número de oportunidades. 

Segundo o Ministério da Educação, esse projeto busca democratizar conhecimentos e fortalecer o acesso ao ensino de idiomas, além possibilitar uma formação continuada.

Cada curso possui módulos e tarefas específicas que precisam ser concluídas. Depois que as atividades são concluídas, os alunos vão avançando até chegarem na última tarefa que concederá a conclusão e certificação dos cursos. 

Aliás, essas cursos  de idiomas estão divididos em várias turmas, cada uma projetada para atender as diferentes necessidades e níveis de aprendizado:

  • Inglês: São oferecidas 6 turmas, abrangendo desde a introdução básica à língua até revisões de conteúdo avançado;
  • Espanhol: Conta com 13 turmas, cobrindo uma ampla gama de tópicos para diferentes níveis de proficiência;
  • Francês: Oferece 3 turmas, focando desde o básico até aplicações específicas em produção e atendimento, bem como gestão.