Últimas notícias:

Loading...

Prêmio São Paulo de Literatura

Por: Redação

Na próxima semana, dois encontros do Prêmio São Paulo de Literatura destacam a produção literária de diferentes gerações. O ciclo de eventos, promovidos pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, leva o assunto para a Livraria da Vila na segunda-feira, 13, e para a Casa das Rosas na quarta-feira, 15, sempre a partir das 19h. Os eventos são Catraca Livre e as vagas, limitadas.

divulgaçãolivro
Moacyr Scliar será uma das participações

O objetivo do ciclo é aproximar o público leitor dos autores e, por isso, o formato de bate-papos informais. Na segunda (13/7), o veterano Moacyr Scliar e o estreante Altair Martins, ambos gaúchos, discutem o “Encontro de Gerações”. Enquanto um dá aulas num curso pré-vestibular, o outro já lecionou na UFRGS por anos a fio. Ambos são finalistas do Prêmio São Paulo Literatura. Finalistas, mas não concorrentes: Moacyr Scliar, membro da ABL, concorre na categoria melhor livro do ano e Altair Martins concorre como estreante.

Na quinta-feira (15/7), dois jovens, que nem chegaram ainda à casa dos 30 e já disputam o maior prêmio literário do Brasil, conversam sobre “Escrever a quatro mãos e pela Internet”. Ambos são jornalistas de formação e juntos,  escreveram “O verão de Chibo”, que concorre ao prêmio na categoria autor estreante. O livro mistura, sutilmente, momentos cômicos e emocionantes numa história que trata, sobretudo, do amadurecimento.

Sobre os autores

Moacyr Scliar, nascido em Porto Alegre (1937), o médico sanitarista, ex-professor da UFRGS. Venceu prêmios como Jabuti (1988 e 1993), APCA (1989) e Casa de las Americas (1989). É membro da ABL. Concorre ao prêmio de melhor livro do ano com a obra “Manual da paixão Solitária”.

Altair Martins
nasceu em Porto Alegre e com 3 anos foi morar na cidade de Guaíba. Bacharel em Letras pela UFRGS, atuou como chargista, em jornal local, e como ator de grupos teatrais gaúchos. Leciona Literatura Brasileira em cursos pré-vestibular de Porto Alegre. Altair concorre com “A parede no escuro” ao prêmio de melhor livro estreante.

Vanessa Bárbara e Emílio Fraia nasceram em São Paulo em 1982. Cresceram no mesmo bairro e se formaram em jornalismo na mesma faculdade. Além da escrita em parceria, ambos mantêm uma produção independente de textos jornalísticos e de ficção, colaboram com jornais e com a revista Piauí. Emílio escreve também para a revista Trip e foi editor do fanzine Givago. Vanessa edita o almanaque A hortaliça e também é tradutora. “O verão de Chibo” é o primeiro romance publicado pela dupla.

Endereços:

Livraria da Vila – Al. Lorena, 1731 – Jardins. Tel. (11) 3062-1063
Vagas: 60 lugares. Sujeito à lotação.

Casa das Rosas – Av. Paulista, 37 – Bela Vista, Tel. (11) 3285-6886/ 3288-9447
Vagas: 50 lugares. Sujeito à lotação.

Compartilhe: