Protagonismo do aluno: você investe no futuro do seu filho ?

Por: SEB (Sistema Educacional Brasileiro) | Comunicar erro
Crédito: Getty ImagesPara que o protagonismo do aluno possa ser colocado em prática nas escolas, é preciso que haja envolvimento e valorização da figura do professor.

Entender as principais tendências na educação, acompanhar o dia a dia dos filhos, e saber escolher a melhor instituição para a criança em idade escolar são requisitos indispensáveis para uma boa formação.

Para isso, o protagonismo do aluno tem papel fundamental na construção dos conhecimentos. Afinal, será ele o personagem principal do próprio aprendizado. Assim, passa a ocupar uma posição mais ativa, por meio de um perfil engajado, que promova debates e se relacione com assuntos que envolvam não apenas a escola, mas também a comunidade e a sociedade.

Dentro deste contexto, ele passa a ocupar uma posição mais ativa. Para que isso aconteça, é necessário que ocorram mudanças na maneira como o ensino é estruturado e desenvolvido.

Neste post, você vai descobrir mais sobre o protagonismo do aluno e entender quais são seus benefícios para o aprendizado. Continue a leitura e fique de olho!

 O que é o protagonismo ? 

O papel desempenhado por um estudante não se resume às escolhas em relação ao currículo escolar ou às matérias que aprenderá em sala. A exemplo do trabalho com a Simulação da ONU, executado por escolas do Grupo SEB.

Nele, os alunos aprendem sobre as culturas dos países, expandindo seus conhecimentos por meio de um evento que simula uma Conferência Internacional. Eles apresentam suas propostas, seus argumentos de defesa, seus conhecimentos e habilidades desenvolvidas ao longo do projeto, envolvendo a comunidade escolar e até mesmo autoridades locais.

Como o protagonismo é colocado em prática ? 

Para que o protagonismo do aluno possa ser colocado em prática nas escolas, é preciso que haja um envolvimento e uma valorização da figura do professor. O educador não deve ser apenas aquele que aplica uma metodologia de ensino pronta — ele é quem vai guiar os alunos. Assim, a liberdade oferecida pelo incentivo ao protagonismo não vai ser desperdiçada.

Em outras palavras, o protagonismo não consiste em permitir que cada aluno siga suas vontades individuais, sem limites. Em vez disso, trata-se de oferecer a eles, coletivamente, a oportunidade de decidir para onde direcionar sua atenção e seus esforços de aprendizado, sob a orientação de um educador que entende o verdadeiro propósito dessa tendência.

Os principais benefícios do protagonismo

O protagonismo do aluno exige, primeiramente, uma drástica mudança do paradigma educacional, envolvendo escolas, educadores, os alunos e até mesmo os pais. Confira alguns deles:

  •  Dinamismo na sala de aula

Quando os alunos assumem um papel mais ativo, a sala deixa de ser um local de silêncio em que cada um pode apenas ficar sentado, ouvir e copiar. Em vez disso, passa a ser um local para emitir opiniões, produzir ideias e interagir com o professor e os colegas. Esse dinamismo, é claro, aumenta o interesse e o envolvimento dos estudantes no espaço de ensino e a atividade colaborativa.

  •  Melhoria da cooperação em sala de aula

Como já foi dito, o protagonismo do aluno tem tudo a ver com coletividade, debate e tomada de decisões em grupo. Portanto, quando essa tendência é adotada, o jovem desenvolve a habilidade de cooperar. Ele aprende a considerar as opiniões dos outros com o mesmo respeito que tem pela sua, além de conseguir aceitar positivamente quando a sua própria ideia não é escolhida pelos colegas.

  •  Estímulo da criatividade

O exemplo da Simulação da ONU das escolas do Grupo SEB, revela na prática como o protagonismo do aluno estimula a criatividade. Os estudantes precisam encontrar maneiras de resolver problemas reais, de ajudar a comunidade, de gerar valor — e tudo isso enquanto ainda aprende conteúdos relevantes. Confira outros benefícios, acessando o blog Novos Alunos. 

Compartilhe:

1 / 8
1
34s
Use “anexo” corretamente
Na hora de enviar um e-mail corporativo, você sabe como escrevê-lo corretamente?
2
34s
Senão ou se não?
Aprenda quando usar o "senão" ou "se não".
3
33s
Presente do Subjuntivo
Aprenda a usar corretamente o Presente do Subjuntivo.
4
30s
Onde ou Aonde?
Responda rápido: "Onde você quer ir jantar?" ou "Aonde você quer ir jantar?". Qual a resposta correta.
5
02:13
O estilista que ensina de crochê em penitenciária masculina
O projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, tem como objetivo transformar a vida de detentos de uma penitenciária …
6
01:47
Como se apaixonar por Bach – Lição 10
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.
7
01:48
Como se apaixonar por Bach – Lição 9
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.
8
01:30
Como se apaixonar por Bach – Lição 8
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.