Teatro Castro Alves oferece oficina gratuita de literatura negra

Inscrições até 13 de dezembro

Por: Redação
Amanda Dultra
Ator e dramaturgo do NATA, Daniel Arcades

O Teatro Castro Alves tem inscrições abertas para a Oficina de Produção Literária: Poéticas Urbanas e Exú, de 16 a 18 de dezembro, das 9h às 13h. Ministradas pelo ator e dramaturgo Daniel Arcades, as aulas têm o objetivo de construir propostas literárias que dialoguem com a tradição oral africana.

Serão disponibilizadas 20 vagas para o curso, que é comandado pelo Núcleo Afro-Brasileiro de Teatro de Alagoinhas (Nata).

As inscrições gratuitas podem ser feitas até o dia 13 de dezembro, pelo site do Teatro Castro Alves.

1
Crise na Educação: o Enem, o Sisu e a demissão inesperada no Sesu
Crise na Educação: o Enem, o Sisu e a demissão inesperada no SesuAs últimas semanas foram carregadas de incertezas e …
2
Enem: após confusão, MEC corrige notas e libera inscrição no Sisu
O ministro da Educação,  Abraham Weintraub, publicou um vídeo em sua conta no Twitter com novas explicações para as inconsistências …
3
Baixa na Educação: MEC decide tirar TV Escola do ar
O Ministério da Educação (MEC) decidiu não renovar o contrato com a TV Escola, canal educativo com 25 anos de …
4
48:28
ENEM! Aulão de história na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
5
59:42
ENEM! Aulão de português na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
6
47:47
ENEM! Aulão de matemática na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
7
04:21
Weintraub usa o MEC para tentar tirar verbete da Wikipédia do ar
Uma matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou o peso …
8
01:46
Os erros de português mais absurdos do governo Bolsonaro
A língua portuguesa não é bem o forte da gestão Bolsonaro. Vários nomes importantes do governo já escorregaram no idioma …