10 romances de época pra assistir na Netflix no Dia dos Namorados

Por: Redação | Comunicar erro
Tags: #filme

Carruagens, castelos, donzelas em perigo, duelos, luta de espadas e bailes. Com certeza esses elementos de contos de fadas encantaram a infância de muitas pessoas e fazem até os mais durões lembrarem que o amor é importante.

Os romances de época fazem o telespectador mergulhar nesse cenário lúdico pelos olhos de personagens humanos e realistas. Eles convidam a deixar a realidade do século 21 de lado e voltar ao tempo das paixões proibidas, dos namoros em cartas, dos jantares à luz de velas. Tirando todo esse pano de fundo que incita ao romantismo, estas histórias demostram o quão os sentimentos são atemporais.

A fim de celebrar este dia tão importante para os amantes, a escritora Babi A. Sette escritora selecionou 10 filmes de romance de época, disponíveis na plataforma streaming Netflix para assistir junto com aquele que amamos. Veja abaixo a relação:

via GIPHY

1. Orgulho e Preconceito – Inglaterra, 1797. Apesar da química do Elizabeth e Darcy, a personagem é contrariada pela natureza reservada do seu amado e a relação está constantemente ameaçada.

via GIPHY

2. Jane Eyre – Inspirado no livro autointitulado de 1847. Os segredos do amado Sr. Rochester podem destruir o mais puro sentimento que Jane Eyre já sentiu em toda sua vida. A Felicidade bateu em sua porta, mas pode desmoronar.

via GIPHY

3. A Jovem Rainha Vitoria – Inglaterra, 1837. Dividida entre o amor e assuntos políticos a rainha Vitória tem que escolher entre Melbourne e Albert.

via GIPHY

4. O Morro Dos Ventos Uivantes – Inspirado em um livro de 1847. Heathcliff apaixona-se por sua irmã adotiva, Catherine Earnshaw, que se casa com outro. O seu eterno admirador sai de casa enriquece e volta para conquista-la. Muito amor, não é?

via GIPHY

5. Para Sempre Cinderela – França, do século XVI. A Gata Borralheira ganha sua história real. Apesar das investidas da rainha má, nada detém o amor verdadeiro.

“Em Algum Lugar do Passado”

6. Em Algum Lugar do Passado – Inglaterra, 1972. Mistério, amor e época. A trama deixa qualquer um com vontade de voltar no tempo e conhecer seu grande amor.

Bela do Senhor

7. Bela do Senhor – Genebra, 1930. O relacionamento entre os amantes diplomata judeu, e Ariane, uma jovem casada de uma família protestante burguesa. Vai lhe arrancar suspiros.

via GIPHY

8. My Man Godfrey – Estados Unidos, década de 30. Socialite poderosa contrata um mendigo. A única certeza é uma linda lição de vida e amor.

A Mulher Invisível

9. A Mulher Invisível – França, 1858. O amor de Charles Dickens por sua amante clandestina que passou os seus últimos anos de vida, vai emocionar os fãs.

Em Luta Pelo Amor

10. Em Luta Pelo Amor – Veneza, século XVI. A antiga história entre a plebeia e o nobre amado, pode ter um desfecho diferente dos mais usuais.

Estas narrativas remetem aos momentos que antes eram importantes, diante dos conceitos e comportamentos atuais, revivermos o tempo em que um toque nas mãos, um olhar mais longo, uma conversa intima, era considerado algo precioso e inesquecível. Talvez, eles nos lembrem da importância e da beleza das pequenas coisas que se tornam comuns e corriqueiras com o passar do tempo nos relacionamentos.

*Babi A. Sette, que lançará o livro “Não me Esqueças” nesta XVIII Bienal do Rio de Janeiro (agosto – 2017), começou a escrever romances há três anos e não parou mais. Já escreveu “Entre Amor e o Silêncio” e teve a primeira edição esgotada em poucos meses. Em seguida, lançou “A Promessa da Rosa”, seu primeiro romance de época, da série “Flores da temporada” e um ano depois lançou, O despertar do lírio e seu segundo romance do gênero. Formada em Comunicação Social, sente-se metade psicóloga; e outra socióloga. Ama viajar, conhecer pessoas e descobrir lugares. Apaixonada por romances de época, jura que viveria feliz também no século 19. Atualmente, mora em São Paulo com o marido, a filha, um cachorro, um gato e seus personagens.

Compartilhe: