EM ALTA

6 filmes que abordam a violência dentro do ambiente escolar

O que leva adolescentes cometerem atos tão cruéis? Como os pais lidam com a situação? Confira a lista completa para se informar mais sobre o assunto!

Nesta segunda-feira, 27, o Brasil acordou com uma notícia muito triste: mais um ambiente escolar foi alvo de violência. Um garoto de 13 anos esfaqueou um aluno e quatro professores, em uma escola na Vila Sônia, zona oeste da capital de São Paulo.

O adolescente, que é aluno da unidade de ensino, foi contido pelos policiais. Por volta das 10h30, foi confirmada a morte da professora Elisabeth Tenreiro, de 71 anos, uma das vítimas do ataque a faca.

6 filmes que abordam a violência dentro do ambiente escolar
Créditos: Reprodução/Tiros em Columbine
6 filmes que abordam a violência dentro do ambiente escolar

6 filmes que falam sobre violência em ambiente escolar

Infelizmente, casos como este tem tomado as manchetes pelo mundo, incluindo aqui no Brasil. Mas, por que esse comportamento tem se tornado crescente e constante?

Quais as causas de jovens cometerem barbaridades dentro do núcleo de ensino? Como pais desses jovem lidam após o ocorrido? Precisa-se de uma segurança mais efetiva nesses locais?

Abaixo, você pode ver alguns filmes que abordam a violência no ambiente escolas e outras discussões que surgem a partir desta temática.

  • Elefante

O filme relata a história de dois adolescentes que decidem fazer um massacre em uma escola de Portland, no estado de Oregon, interior dos Estados Unidos. Apesar de focar nos dois alunos, o filme também explora questões como o bullying e o cotidiano do colégio até o momento do ataque.

O longa também alerta para a facilidade com a qual os jovens conseguem comprar rifles, revólveres e facas.

Cena de “Elefante”
Créditos: Divulgação/Elefante
Cena de “Elefante”
  • Cartas de Dunblane: Sua Escola, Seu Massacre, Nossas Lições

O filme de 22 minutos fala sobre as consequências de tiroteios em escolas sob outra perspectiva. Dois padres responsáveis por enterrar as vítimas de massacres em suas comunidades trocam cartas  e conversam sobre os impactos que esse tipo de tragédia provoca na vida e na rotina das pessoas de suas cidades.

Pôster oficial de Cartas de Dunblane: Sua Escola, Seu Massacre, Nossas Lições
Créditos: Reprodução/Netflix
Pôster oficial de Cartas de Dunblane: Sua Escola, Seu Massacre, Nossas Lições
  • Vida Depois

O filme foca nas consequências emocionais causadas por um tiroteio na vida dos alunos que sobreviveram. O longa começa com duas adolescentes que escutam tiros nos corredores da escola e correm para se esconder na cabine de um banheiro. Sem mostrar as cenas do massacre, o filme se volta para como as personagens vão lidar com o ocorrido e como ele vai afetar suas ações e relações.

Cena de “Vida Depois”
Créditos: Divulgação/Vida Depois
Cena de “Vida Depois”
  • Tiros em Columbine

Em 20 de abril de 1999, dois estudantes invadiram o colégio Columbine High School, no Colorado (EUA), e atiraram em alunos e professores, deixando 13 mortos e 23 feridos. O fato, que ficou conhecido por “massacre de Columbine”, ficou mundialmente conhecido por ter sido televisionado ao vivo pela imprensa norte-americana.

O caso foi contando no documentário “Tiros em Columbine”, dirigido e narrado por Michael Moore. A obra ganhou o prêmio de Melhor Roteiro Original pelo Sindicato dos Roteiristas da América, o Prêmio Especial de Cannes e o Oscar de Melhor Documentário.

Parte do documentário “Tiros em Columbine”
Créditos: Reprodução/Tiros em Columbine
Parte do documentário “Tiros em Columbine”
  • A Hora do Desespero

A Hora do Desespero mostra o desespero sob o olhar de uma mãe assustada que usa os exercícios para escapar de seus problemas. Enquanto corre por uma floresta vazia, a personagem recebe uma ligação. Em seguida, ela descobre que a escola de seus filhos foi invadida por um atirador.

Por estar muito longe de sua casa e da área de informações dos pais, a mãe desesperada tenta fazer o que consegue para proteger seu filho e lidar com a situação aterrorizante.

Cena de “A Hora do Desespero”
Créditos: Divulgação/A Hora do Desespero
Cena de “A Hora do Desespero”
  • Tarde Demais

Bill (Michael Sheen) e Kate (Maria Bello) recebem a  notícia de que a universidade onde o filho Sammy (Kyle Gallner) estuda foi alvo de um massacre.

A chegada dos policiais no local confirma que Sammy está morto, mas um detalhe deixa a situação ainda mais estranha: ele foi o causador do massacre.

Entre a tristeza pela perda do filho e o choque diante da realidade, Bill e Kate tentam achar um motivo para que Sammy tenha cometido o ato.

Mas, ao mesmo tempo eles precisam encontrar forças para seguir em frente, tendo que enfrentar as acusações dos familiares das vítimas e ainda a própria culpa que sentem por terem criado um “assassino”.

Cena de “Tarde Demais”
Créditos: Divulgação/Tarde Demais
Cena de “Tarde Demais”