Alerta geral na Netflix: ‘TW com Killer Mike’ quer derrubar o Sistema

Série com um dos principais rappers da atualidade desafia a sociedade com propostas polêmicas e, por vezes, cômicas.

“TW com Killer Mike” é uma série documental tipo reality que está em sua primeira temporada na Netflix com 6 episódios de cerca de 25 minutos cada um. Nela, o rapper se propõe a abalar as estruturas dos sistemas social, político, econômico e educacional, colocando em ação planos nada convencionais que expõem as bases do racismo e da imposição de padrões.

Crédito: Reprodução/Netflix 

Killer Mike, além de rapper, é ativista social e político e conferencista conhecido por debater temas como desigualdade social, violência policial e racismo. É um personagem muito carismático, direto e inteligente.

Crédito: Screenshot: The Late Show  

No primeiro episódio, já para sentir o tom da série: o rapper fazer um divertido auto-desafio de três dias, “Living Black” traduzido por “Mercado Negro”, em que ele gasta seu dinheiro apenas com produtos e serviços que são criados e geridos por negros.

Crédito: Reprodução/Netflix 

Aí o que vemos é uma sucessão de problemas, pois carros não são feitos por negros, nem redes de fast-food, smartphones, hotéis ou companhias de avião. Ele passa fome, dorme em banco de praça e nem um baseado pode fumar, porque provavelmente o que se acha ali na cidade onde se encontra, foi plantado por brancos. Através dessa “brincadeira” vai-se revelando como a economia em geral é afetada pelo “privilégio branco” e como hoje em dia é difícil manter o dinheiro circulando dentro de uma economia negra promovendo assim seu fortalecimento.

Nos outros episódios Killer Mike segue desafiando o sistema educacional, investigando o empreendedorismo das gangues e questionando a figura do “Jesus Branco”.

Crédito: Reprodução/Medium.com 

O bacana é que ele nos convida a um grande exercício de pensar totalmente fora do padrão, fora do esperado. O famoso “pensar fora da caixa”. Em outro episódio fica claro o chamado para as pessoas saírem de suas bolhas ideológicas e de religião, onde se aprisionam e ressalta o poder da música, seu ofício, em unir as pessoas.

Crédito: Reprodução/Netflix 

No fim das contas, a série “TW com Killer Mike” é um programa que faz rir e também mostra que há muitas maneiras de se ver e pensar a realidade para que haja mais justiça e menos racismo.