Últimas notícias:

Loading...

Após críticas a Bolsonaro, jornalista Adriana Araújo deixará Record

A jornalista foi por 14 anos âncora do "Jornal da Record” e foi afastada da função em junho de 2020, após criticar o governo na condução da pandemia

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Após 15 anos na RecordTV, a jornalista Adriana Araújo, 47 anos, deixará a emissora em março, data em que seu atual contrato se encerra. A renovação é dada como “muito improvável” dentro da empresa.

Adriana foi por 14 anos âncora do “Jornal da Record” e foi afastada da função em junho de 2020, após criticar o governo Jair Bolsonaro nas redes sociais sobre a condução no combate à pandemia do novo coronavírus.  A informação é do site Na Telinha.

 Adriana Araújo
Crédito: Divulgação/RecordTV Após críticas a Bolsonaro, jornalista Adriana Araújo deixará Record

A publicação teria incomodado o alto comando da emissora do bispo Edir Macedo, um dos aliados de Bolsonaro.

Ainda segundo o NaTelinha, o Adriana Araújo deve assinar com a CNN Brasil.

Antes de ir para a Record, em 2006, a jornalista trabalhou por 11 anos na Globo.

Compartilhe: