Últimas notícias:

Loading...

Brasil bate recorde de mortes e Jornal Nacional critica negacionismo

Neste 3 de março de 2021 o Brasil registrou 1840 mortes pela covid-19

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Nesta quarta-feira, 3, dia em que o Brasil bateu novo recorde de mortos pela covid-19, com 1.840 vítimas em 24h, o Jornal Nacional, da TV Globo, apresentou um mini editorial durante a edição criticando o negacionismo.

Alan Severiano
Crédito: Reprodução/TVGloboBrasil bate recorde de mortes e Jornal Nacional critica negacionismo

“A gente torce muito para as coisas melhorarem, mas a situação piora a cada dia. Infelizmente começamos com esse número recorde. Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 1.840 mortes por covid. Ou seja, mais de uma morte por minuto. São até agora 259.402 mortes vítimas da doença. Depois de um ano tem muita gente cansada da pandemia, de tantos números negativos, mas negar a realidade e minimizar esse pesadelo não ajudam a resolver o problema”, disse o jornalista Alan Severiano, durante a divulgação no Jornal Nacional dos números da pandemia no país, sem citar o nome do presidente Jair Bolsonaro.

“Para dar uma dimensão da tragédia atual, vamos lembrar de uma outra tragédia que abalou o país, o acidente aéreo em junho de 2009 com um avião da Air France na rota Rio-Paris. O Airbus A-330 caiu no oceano Atlântico: 228 pessoas morreram. Hoje foram 1.840 mortes por covid. É como se o Brasil tivesse num único dia oito acidentes como esse de avião com todos os passageiros e tripulantes mortos”, pontuou Severiano.

“Queda de avião gera uma comoção enorme pela violência, pelo impacto, pela morte instantânea de tanta gente. Na pandemia, o que temos no Brasil, todos os dias, são mortes e enterros silenciosos, distantes de parentes e amigos. Isso talvez não sensibilize algumas pessoas, que já se acostumaram com a pandemia, mas essas mortes de 1.840 brasileiros por dia são igualmente trágicas, principalmente se a gente imaginar que muitas poderiam ser evitadas”, finalizou o jornalista di Jornal Nacional

Compartilhe: