Britânica supera tumor ósseo e torna-se modelo fotográfica

Por: Catraca Livre

Quando a britânica Elesha Turner foi diagnosticada com tumor ósseo, em 2013, a doença não só a abalou emocionalmente como, eventualmente, poderia ter afetado seu estilo de vida e rotina para sempre.

Na ocasião em que recebeu o prognóstico especialistas no assunto, a alertaram que ela poderia ter uma perna amputada, caso houvesse um avanço incontrolável do tumor pelo seu corpo. “Foi um pesadelo. Eu não conhecia ninguém que tivesse sido afetado pelo tumor”, disse em entrevista ao The Daily Mail.

Mas a sorte sorriu para Turner no momento em que mais precisava. Uma vez que o câncer não se espalhou, os médicos realizaram uma cirurgia de seis horas para retirar os ossos afetados pelo câncer: fêmur, joelho e a parte superior da tíbia, substituindo-os por titânio.

Agora, com 20 anos, e uma cicatriz visível na perna, Elesha se tornou modelo fotográfica da Models of Diversity, uma empresa de moda que procura a maioria diversidade de pessoas, e que exige que a indústria de beleza e de marketing reconheçam o encanto nas mulheres de todas as raças.

Diagnóstico

Elesha teve os primeiros sintomas de câncer durante uma viagem que realizou ao Egito, em junho do ano passado. Após colocar a prótese de titânio, a britânica teve que fazer uma reabilitação intensa, tais como, reaprender a andar e treinar os músculos da perna para sustentar o titânio.

Via The Daily Mail

Compartilhe: