CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Cantora Kelly Key revela que está com câncer

A revelação foi feita em sua conta no Instagram, ao falar sobre seu tratamento para a doença

Por: Redação

A cantora Kelly Key revelou, em seu Instagram, nesta terça-feira, 12, que está com câncer de pele. Desde o final de 2019, ela vem realizando procedimentos para retirar pintas.

kelly key
Crédito: Reprodução/InstagramCantora Kelly Key revela que está com câncer

“Estou para falar disso há muito tempo. No final do ano passado, eu descobri um câncer de pele quando eu estava em Portugal. Tirei e pediram para tirar um pouco mais. Junto com um pouco mais, tirei outras pintas que suspeitavam”, disse ela. “O resultado era que eram pré-cancerígenas. Hoje vou tirar um pouco mais. Vou ganhar uma cicatriz maior”.

“Deixo vocês avisados que vou ter um curativo (acima da boca). Vou preparar um material para falar disso, porque acho super útil, as pessoas precisam se informar sobre isso”, completou Kelly. A cantora mostrou outra cicatriz na região da clavícula e também retirou pintas das costas.

Depois de realizar os procedimentos, Kelly Key fez uma live e depois a publicou em seu IGTV falando sobre a doença.

“Resolvi, sem nenhum roteiro… Falar abertamente pelo q estou passando! Com uma única intenção de INFORMAR. E sim… Descobri que tenho ( tive e talvez terei mais… Espero q não! NÃO TEREI!) câncer de pele! É um carcinoma basocelular que, de uma forma geral, se considera curado quando retiramos toda área afetada!”, escreveu na publicação

Câncer de pele é o mais frequente no Brasil e no mundo, causado principalmente pela exposição excessiva ao sol. Só no país, cerca 180 mil brasileiros são diagnosticados por ano com a doença.

Este tipo de câncer ocorre pelo crescimento anormal das células que compõem a pele e são classificados em dois tipos: câncer de pele melanoma e câncer de pele não melanoma.

O câncer de pele de Kelly Key é do tipo não melanoma. O carcinoma basocelular, o mais comum e também o menos agressivo: se caracteriza por uma lesão (ferida ou nódulo), e apresenta evolução lenta;

Para saber mais sobre os tipos, sintomas, como identificar e qual o tratamento, clique aqui.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.