Carioca tatua rosto de Boninho para tentar entrar no BBB e diretor comenta

Letícia Santos sonha em participar do reality desde 2020 e a tatuagem é mais uma forma de chamar a atenção da produção: "Não estou fazendo mal a ninguém"

Mulher faz tatuagem do rosto de Boninho, diretor do BBB, em seu braço
Créditos: Reprodução/Instagram
Mulher faz tatuagem do rosto de Boninho, diretor do BBB, em seu braço

A professora Letícia Santos, de 34 anos, usou as redes sociais para compartilhar que fez uma tatuagem do rosto de Boninho, diretor do Big Brother Brasil. Segundo ela, a tatuagem foi mais uma tentativa de entrar no reality show da TV Globo.

A professora tatuou o rosto de Boninho em seu braço e publicou o desenho no Instagram: “Quem me conhece sabe o quanto sou fã e desejo entrar no reality, a tatoo foi só uma das diversas tentativas de chamar a atenção.”

Moradora do Rio de Janeiro, ela aproveitou a postagem para responder a possíveis críticas que viria a receber. “Cada um corre atrás do que quer, não estou fazendo mal a ninguém, então para mim é válido. Continuo em busca de realizar meu sonho e não vou deixar ninguém me fazer desistir”, ressaltou a pedagoga.

Letícia disse ao g1 que está tentando entrar no BBB desde 2020 e que ainda tem esperanças: “Ainda tenho esperança de entrar na casa, sempre tenho. Eu vou tentar entrar no programa até os meus 40 anos. Não perco a fé não, tenho fé que um dia vou conseguir. Hoje começa a edição desse ano e eu vou acompanhar. Estou super ansiosa. Acho que vou chorar por ainda não ter conseguido”, revelou.

View this post on Instagram

A post shared by Let Santos🦁 (@srt.leticia_)

A tatuagem chegou até Boninho

O diretor viu o vídeo de Letícia fazendo a tatuagem e fez uma publicação em seu perfil no Twitter mostrando o desenho. “Obrigado Letícia por essa maluca homenagem”, escreveu.

Além da tatuagem, a carioca já criou uma paródia e um banner pedindo para entrar no BBB, que inclusive ela exibiu em suas fotos de formatura, e leva pelas ruas do Rio e nos bloquinhos de Carnaval.

Letícia também foi até a “Casa de Vidro” desta edição, que ficou instalada por três dias dentro de um shopping da capital carioca.