Danilo Gentili ataca Marcius Melhem após denúncia de assédio moral

Humorista chamou Coordenador do Departamento de Humor da Globo de hipócrita

Por: Redação

Danilo Gentili usou seu perfil no Twitter, na tarde desta quinta-feira, 26, para atacar Marcius Melhem. O apresentador do ‘The Noite’, do SBT, repostou a notícia sobre a acusação de assédio moral do Coordenador do Departamento de Humor da TV Globo, e o chamou de hipócrita alegando ter seu trabalho como humorista criticado por Melhem diversas vezes.

danilo gentili marcius melhem
Crédito: Reprodução/Globo e SBTDanilo Gentili detonou Marcius Melhem por meio de seu Twitter, após denúncias de assédio moral

“Esse é o santinho que vai pra evento do mercado falar que faz humor do bem e eu faço humor do mal. Esse é o cara que faz esquete feminista e protege o trabalhador. Vá tomar no teu c*@omarciusmelhem, seu hipócrita de merda”, escreveu Gentili.

Segundo notícia publicada mais cedo por Léo Dias, Dani Calabresa e Maria Clara Gueiros teriam sido duas das artistas que denunciaram Marcius por assédio moral na emissora. Ainda de acordo com a publicação, os humoristas homens teriam ficado do lado delas. Marcelo Adnet, por exemplo, teria testemunhado a favor das atrizes.

A Globo emitiu a seguinte nota: “Todo relato de assédio, moral ou sexual, na Globo é apurado criteriosamente assim que tomamos conhecimento. A Globo reafirma que não aceita qualquer tipo de assédio e, neste sentido, mantém um canal aberto para denúncias de violação às regras do Código de Ética do Grupo Globo”.

Assédio moral é crime

Pode ser configurado quando o profissional passa por alguma situação humilhante, constrangedora, repetitiva ou prolongada durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções.

O assédio moral no trabalho anda mais comum do que se pensa. E em tempos de vacas magras, muita gente se cala com medo de perder o emprego.

Uma cartilha gratuita, divulgada esta semana pelo Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal – mas que serve para todas as profissões – ensina como agir e colher provas contra o chefe assediador. Confira no link abaixo:

Compartilhe: