Datena defende congelamento do preço do arroz e bolsonaristas piram

O apresentador também pediu o tabelamento da cesta básica, mas apoiadores de Bolsonaro, desconsiderando a crise, o chamaram de comunista

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Nesta sexta-feira, 18, durante o programa Brasil Urgente, na TV Band, o apresentador José Luiz Datena criticou a postura do governo do presidente Jair Bolsonaro frente ao aumento do preço dos alimentos e defendeu o tabelamento da cesta básica, além do congelamento do preço, inclusive do arroz, para que os mais pobres não passem fome durante a pandemia do novo coronavírus.

SBT demite Roberto Cabrini após mais de 11 anos de casa

datena congelamento preços
Crédito: Reprodução/TVBandDatena defende congelamento do preço do arroz e bolsonaristas piram

“Faz o cara tabelar e congelar o preço da cesta básica. Congela o preço da cesta básica, presidente Jair Bolsonaro”, disse Datena.

Após as declarações de Datena, apoiadores de Bolsonaro se revoltaram nas redes sociais e desconsiderando a crise econômica que o país vive, apenas taxaram o apresentador da Band de “comunista”, inclusive deputados bolsonaristas como Carlos Jordy.

“Datena tem a ‘solução’ para resolver o aumento do preço do arroz. Ele propõe o mesmo que Stalin, Lênin, Chavéz e Fidel: o COMUNISMO”, escreveu o parlamentar.

Em seu blog, Datena reafirmou a posição. “Sou contra tabelamento de preços, é verdade. Mas sou contra preços abusivos de cesta básica também. Especialmente em uma pandemia, isso é um absurdo. Controlar o preço do mínimo que a população deve consumir para se manter vivo, que é comida, aí eu sou a favor”.

Na web, internautas se dividiram: parte defende o que Datena disse, e parte considera a ideia muito extremista:

Compartilhe: