Últimas notícias:

Loading...

Dennis Dj rebate acusação de roubo feita por Rennan da Penha

"Já remixei vários outros hits. Toda hora pego uma música do Gusttavo Lima, faço o remix e às vezes ele gosta e pede para lançar, isso não é crime", disse

Por: Redação

Dennis DJ se defendeu da briga com Rennan da Penha, que o acusou de roubar músicas dele e de colegas do cenário do funk. De acordo com o DJ, ele “não roubou nada de ninguém” e não cometeu crime nenhum.

Dennis Dj rebate acusação de roubo feita por Rennan da Penha
Crédito: Reprodução/InstagramDennis Dj rebate acusação de roubo feita por Rennan da Penha

“Tudo foi por causa de uma música, que se chama ‘Medley da Gaiola’. Por que eu chamei assim? Porque eu peguei várias músicas que estavam estouradas no Rio”, falou ao podcast Bulldog Show.

“Eu cheguei para um amigo e perguntei o que estava tocando no Rio. Ele pegou umas quatro músicas, eu perguntei de quem era e ele me falou que era do Kevin, ex-DJ do G15, e do Dudu Traineiras. Liguei para eles e falei que iria fazer um show com o [Wesley] Safadão no Parque Olímpico, eram 70 mil pessoas. O Safadão me chamou pra tocar, mas tinha tempo que não tocava no Rio e disse que iria me atualizar no que tava tocando, mas eu sempre gosto de fazer as minhas versões”, disse.

Dennis então explicou que tentou trocar ideia com Rennan sobre o assunto, mas não teve sucesso. “Já remixei vários outros hits. Toda hora pego uma música do Gusttavo Lima, faço o remix e às vezes ele gosta e pede para lançar, isso não é crime. Eu fiz o remix e perguntei pro Kevin quem escreveu as músicas e quem remixou e ele respondeu: ‘fui eu’. Então tá tudo tranquilo, tanto que os royalties está tudo pro Traineiras, pro Kevin”, comentou.

“Só que aí deu uma treta que eu quero entender até hoje. Já chamei o Rennan para conversar várias vezes, a gente é da mesma gravadora, já falei para marcarmos um almoço. Não vale a pena você ficar brigando assim. É um moleque super talentoso, ainda quero conversar”, completou.

Dennis também falou das críticas que recebeu quando apresentou “Eu Vou Pro Baile da Gaiola”, de Kevin O Chris, no “Domingão do Faustão”. Na ocasião, Rennan estava preso. “As pessoas estavam me atacando porque fui no Faustão, toquei a música e queriam que eu falasse liberdade DJ Rennan da Penha e eu não falei”, afirmou.

“Mas cara, tu tá ali, primeira vez no Faustão, tu nem pensa, Faustão já te corta também e ali começou a criar uma situação que eu quero entender. Por isso eu quero sentar e conversar com ele. Não cometi nenhum crime, não roubei nada de ninguém”, se defende.

Compartilhe:

Tags: #Famosos