Edgard Piccoli processará página apoiada por Bolsonaro após bate boca

A pagina 'Insentões' deu a entender que Piccoli e sua esposa receberam grandes quantias do governo federal em 2017

Por: Redação Comunicar erro

Edgard Piccoli afirmou que processará a página apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), ‘Isentões’, após um bate-boca ao vivo que aconteceu na rádio Jovem Pan entre ele e Caio Coppolla.

Crédito: Reprodução/JovemPanEdgard Piccoli processará página apoiada por Bolsonaro após bate boca

Durante o programa Morning Show, Picolli discutiu com o comentarista Caio Coppolla sobre a declaração do presidente sobre o desaparecimento do pai do presidente da OAB, morto durante a ditadura militar.

O perfil Isentões, para apoiar Coppolla e criticar Piccoli, afirmou que o âncora do programa teria recebido dinheiro do governo federal em 2017.

“O Edgard Piccoli, crítico ferrenho do atual governo, costuma divergir frequentemente das opiniões do Caio Copolla. Engraçado… não vi o Edgard criticar com tanta frequência os presidentes anteriores. Ficou chateado por não receber mais a ‘boquinha’ do governo?”, escreveu a página.

Junto com o texto a página divulgou esta imagem:

Crédito: Reprodução/TwitterConvenio do Ministério Público e a Rádio Jovem Pan em 2017

Piccoli então respondeu afirmando que irá processar a página por calúnia e difamação. Isso porque a verba recebida se refere a uma campanha do Ministério da Saúde veiculada pela Jovem Pan.

“Vocês acabaram de cometer um crime. Pagarão pelas regras legais. Tudo devidamente printado. Vale informar que a ação do Ministério da Saúde foi feita pela Jovem Pan no Morning Show e meu justo e merecido cachê foi uma fração que some frente ao valor aí editado no intuito do crime”, explicou o apresentador.

Outro perfil apoiado por Bolsonaro, a página Ódio do Bem endossou a crítica contra Piccoli: “Qual foi o crime que o lsentões cometeu? Divulgar o print de uma informação pública? Ô bicho, doido!”.

Piccoli retrucou: “Caluniou e difamou ao atribuir à minha pessoa, valor que nem eu, nem minha empresa recebemos jamais”.

Sem receber alguma justificativa a página Isentões teve sua conta no Twitter, com mais de 300 mil seguidores suspensa, mas respondeu o apresentador no Instagram.

Sobre a suspensão da conta, o perfil, a página ‘Isentões’ criou uma nova conta no Twitter e se pronunciou.

Bolsonaro divulgou as páginas Isentões e Ódio do Bem durante a campanha eleitoral de 2018.

1 / 8
1
06:04
Michael Jackson, culpado ou inocente? Séries exibem as duas versões
A nossa dica da semana é a sequência em dose dupla de documentários sobre a contraditória história das acusações contra …
2
05:26
Como os Beatles mudaram a minha vida — parte 3
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
3
06:05
Prepare-se: ‘Matrix 4’ vem aí com Keanu Reeves confirmado no elenco.
Você assistiu aos filmes da trilogia "Matrix"? Hoje a dica do "Cultura em Casa" é um convite para você mergulhar …
4
05:14
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 2
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
5
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
6
04:12
Netflix: ‘The Family- Democracia Ameaçada’ revela grupo secreto
A minissérie "The Family: Democracia Ameaçada", que pode ser vista na Netflix, mostra questões que te farão pensar em uma …
7
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
8
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …