CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Edgard Piccoli processará página apoiada por Bolsonaro após bate boca

A pagina 'Insentões' deu a entender que Piccoli e sua esposa receberam grandes quantias do governo federal em 2017

Por: Redação

Edgard Piccoli afirmou que processará a página apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), ‘Isentões’, após um bate-boca ao vivo que aconteceu na rádio Jovem Pan entre ele e Caio Coppolla.

Crédito: Reprodução/JovemPanEdgard Piccoli processará página apoiada por Bolsonaro após bate boca

Durante o programa Morning Show, Picolli discutiu com o comentarista Caio Coppolla sobre a declaração do presidente sobre o desaparecimento do pai do presidente da OAB, morto durante a ditadura militar.

O perfil Isentões, para apoiar Coppolla e criticar Piccoli, afirmou que o âncora do programa teria recebido dinheiro do governo federal em 2017.

“O Edgard Piccoli, crítico ferrenho do atual governo, costuma divergir frequentemente das opiniões do Caio Copolla. Engraçado… não vi o Edgard criticar com tanta frequência os presidentes anteriores. Ficou chateado por não receber mais a ‘boquinha’ do governo?”, escreveu a página.

Junto com o texto a página divulgou esta imagem:

Crédito: Reprodução/TwitterConvenio do Ministério Público e a Rádio Jovem Pan em 2017

Piccoli então respondeu afirmando que irá processar a página por calúnia e difamação. Isso porque a verba recebida se refere a uma campanha do Ministério da Saúde veiculada pela Jovem Pan.

“Vocês acabaram de cometer um crime. Pagarão pelas regras legais. Tudo devidamente printado. Vale informar que a ação do Ministério da Saúde foi feita pela Jovem Pan no Morning Show e meu justo e merecido cachê foi uma fração que some frente ao valor aí editado no intuito do crime”, explicou o apresentador.

Outro perfil apoiado por Bolsonaro, a página Ódio do Bem endossou a crítica contra Piccoli: “Qual foi o crime que o lsentões cometeu? Divulgar o print de uma informação pública? Ô bicho, doido!”.

Piccoli retrucou: “Caluniou e difamou ao atribuir à minha pessoa, valor que nem eu, nem minha empresa recebemos jamais”.

Sem receber alguma justificativa a página Isentões teve sua conta no Twitter, com mais de 300 mil seguidores suspensa, mas respondeu o apresentador no Instagram.

Sobre a suspensão da conta, o perfil, a página ‘Isentões’ criou uma nova conta no Twitter e se pronunciou.

Bolsonaro divulgou as páginas Isentões e Ódio do Bem durante a campanha eleitoral de 2018.

1
Guia Negro entrevista Fabrício Boliveira: ‘A presença de negros na TV ainda é uma batalha’
O ator Fabrício Boliveira afirma que a presença de pessoas negras na televisão ainda é muito pequena e que o …
2
5 séries na Amazon e Netflix perfeitas para você maratonar com o mozão
Está cansado de acompanhar essa avalanche de notícias sobre o coronavírus? Então, separa aquele baldão de pipoca e aquela coberta …
3
Aprenda a fazer uma videochamada no WhatsApp
O distanciamento social que parte da população está fazendo as pessoas conversarem cada vez mais pelo celular. Chega mais que …
4
Jogos Olímpicos de Tóquio são adiados por conta do coronavírus
Os Jogos Olímpicos de Tóquio foram adiados por conta da pandemia de coronavírus. A decisão foi anunciada nesta terça-feira, 24, …
5
Coronavírus: serviços disponíveis para melhorar seus dias em casa
As TVs por assinatura e os serviços de streaming flexibilizaram seus pacotes e ampliaram a programação disponível para jovens, crianças …
6
Babu no BBB20: Precisamos falar sobre racismo
Os inúmeros episódios de racismo sofridos por Babu no BBB 20 estão dando o que falar. Segue com a gente …
7
Ronaldinho Gaúcho e a polêmica do passaporte falso no Paraguai
Dizer que Ronaldinho Gaúcho é o rei do rolê aleatório gera um total de zero novidades. Mas o bruxo resolveu …
8
Assédio de Pyong ganha destaque em paredão com Guilherme e Gizelly
Não faltou polêmica no paredão entre Guilherme, Pyong e Gizelly no Big Brother Brasil 20.Isso porque o paredão desta terça-feira, …