Últimas notícias:
Loading...

Eduardo Costa se defende após xingar a namorada

Cantor sertanejo disparou a seguinte frase: “A mulher é minha e eu faço o que eu quiser”

Eduardo Costa recebeu beijos da namorada, Victória Villari, após ser criticado por xinga-la
Créditos: Reprodução/Youtube
Eduardo Costa recebeu beijos da namorada, Victória Villari, após ser criticado por xinga-la

Eduardo Costa foi detonado nas redes sociais e por Sonia Abrão no programa “A Tarde é Sua”, da RedeTV!, após xingar a namorada, Victória Villari, por causa de sua roupa curta e rebateu as críticas acerca de sua postura ~pasmem ~ com declarações ainda mais machistas.

Em um vídeo publicado no Youtube, o sertanejo afirmou que o xingamento não passou de uma brincadeira e discordou dos comentários que a apresentadora fez sobre o assunto.

“Com todo o respeito, Sonia Abrão, eu acho que você devia cuidar da sua vida, porque da minha já tem bastante gente para cuidar […] Queria que você respeitasse as brincadeiras que eu faço com a minha mulher, porque eu nunca critiquei você e o seu programa”, iniciou ele.

Eduardo Costa e a namorada, Victória Villari
Créditos: Reprodução/Instagram
Eduardo Costa e a namorada, Victória Villari

O famoso disse ainda que costuma, sim, opinar sobre a roupa da modelo. “A minha mulher usa roupa curta, usa a roupa que ela quiser. Mas se eu falar para ela não usar, ela não vai usar, ué! Não é porque o corpo é dela, as regras são dela, que ela não tem que me respeitar […] Quando eu saio para trabalhar minha mulher não vai à boate, eu não deixo. Se isso é ser machista, pode me colocar assim, então”, disse.

O cantor ainda reafirmou: “Eu vou continuar brincando com a minha mulher, chamando-a de ‘filha da puta’, da mesma forma como ela brinca comigo. O Instagram é meu, a mulher é minha e eu faço o que eu quiser”.

Ao lado de Victória, Eduardo Costa finalizou o vídeo dizendo que a modelo também opina sobre suas roupas e mandou um recado: “O que é bonito tem que ser mostrado, claro, com respeito. Pode usar curto e tem que ser respeitoso. Mas, não tem confusão, não”.

  • A misoginia deve ser combatida no dia a dia. Veja neste link 10 motivos para lutar contra machismo e desigualdade de gênero