Ex-Panicat Carol Dias revela humilhações que sofria no ‘Pânico’

Modelo disse que desenvolveu depressão e toma remédios controlados

Por: Redação | Comunicar erro
Carol Dias ex-Panicat,
Crédito: Reprodução/InstagramCarol Dias, ex-Panicat, revelou drama na época em que trabalhava no humorístico

Carol Dias, ex-Panicat, revelou que sofria humilhações na época em que trabalhava no “Pânico na Band”, e desenvolveu depressão por conta do trauma.

Segundo a modelo, ela foi chamada de ‘gorda’ ao longo dos cinco anos em que trabalhou no extinto programa.

Por conta disso, foi diagnosticada com a doença psíquica, além de síndrome de pânico. “Vou ao psiquiatra e tomo remédio até hoje”, afirmou ao “Notícias da TV”.

Carol detalhou ainda qual foi o motivo principal que a fez desencadear a doença: uma crítica a seu corpo durante o intervalo do programa ao vivo.

carol dias pânico na band
Crédito: Reprodução/BandCarol Dias (à direita) no “Pânico na Band”

“Ela começou a gritar comigo, dizendo que eu estava gorda. Foi em 2016, na frente das minhas amigas. Eu tinha engordado um pouco. Mas acho que ela poderia, com delicadeza, me chamar num canto e me falar. O Emílio Surita nunca me chamou a atenção para nada e sempre me elogiava. As meninas [ex-panicats] ficaram chocadas na época com essa diretora, que veio falando que eu estava gorda, cheia de celulite e que precisava me cuidar. Isso me magoou muito”, relatou.

O drama na vida de Carol se agravou depois que ela foi a uma consulta psiquiátrica e seu conta de que seu estado era ainda mais grave. Ela precisou ser internada em uma clínica de reabilitação por 15 dias, e quando retornou, não teve a recepção que imaginava: “Quando voltei ao programa, muitos não tiveram a menor consideração e me ignoraram”.

POLÊMICAS DO ‘PÂNICO’

cantor biel amanda ramalho pânico
Crédito: Reprodução/TwitterCantor Biel deixou o estúdio do Pânico após discussão com Amanda Ramalho

Esta não é a primeira vez que o programa ‘Pânico’ fica em evidência negativamente. Nesta semana, a atração foi uma das mais comentadas nas redes sociais por conta de uma briga entre Amanda Ramalho e o cantor Biel.

Tudo começou depois que a apresentadora

começou a questionar o cantor sobre as acusações de assédio sexual contra uma jornalista em 2016, e violência contra contra sua então namorada, Duda Castro, em maio de 2018.

“Você casou, separou, foi acusado de agressão, foi agredido…”, iniciou ela. Biel a interrompeu dando a entender que não estava gostando nada do rumo da conversa: “Você viu o que você acabou de falar? Eu fui acusado de agressão…”.

Amanda, por sua vez, quis saber se ele teria agido com interesse e se relacionado com a modelo só para obter o green card (Cartão de Residência Permanente dos Estados Unidos).

“Sua ex-namorada o acusou de usá-la só para ganhar o green card. Que fim levou? Você casou com ela por causa do visto? Vocês não se amavam? Você queria virar cidadão. Você foi interesseiro?”, perguntou.

Biel negou e relembrou uma ocasião em que Amanda disse que ele “deveria morrer na época em que precisou deixar o Brasil”. “Eu tenho o vídeo, você quer que eu te mostre?”, provocou o artista. “Não precisa, eu falei mesmo. Obrigado, Amanda. Pelo menos você se posicionou da maneira correta”, retrucou a apresentadora, em uma autorreferência. “Eu não estou brigando com você. Eu sou seu fã, inclusive. Não conheço a sua pessoa. Você falou que eu deveria ter morrido”, rebateu o cantor.

Depois de mais algumas trocas de farpas, a produtora do programa, Paula Krausche, pediu para eles encerrarem a discussão. Entretanto, o pedido não foi atendido e Amanda provocou: “Vamos continuar a briga. Isso vai ser muito bom para mim. Brigar com o Biel”.

Biel questionou como Surita “emprega uma pessoa dessas?”, e logo em seguida abandonou o estúdio. O mediador tentou acalmar os ânimos e os seguranças da rádio tentaram barrar a saída do cantor, mas ele ficou irredutível e não voltou ao programa.

Compartilhe:

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …