Últimas notícias:

Loading...

Filhos rejeitados de Cid Moreira pedem interdição do pai e prisão da madrasta

Segundo os irmãos Moreira, a madrasta vem "subtraindo tudo o que o idoso recebe, e transferindo tudo o que pode para parentes"

Por: Redação

Nesta terça-feira, 20, Rodrigo Radenzev Simões Moreira, 52, e Roger Moreira, 45, os filhos rejeitados por Cid Moreira, de 93 anos, entraram com uma ação judicial pedindo a interdição do pai e a prisão da madrasta Fátima Sampaio, de 58 anos. Os herdeiros abriram inquérito contra a mulher do veterano com pedido de prisão provisória. Eles acusam a mulher de transferir os bens do jornalista para o nome dela.

Filhos rejeitados de Cid Moreira pedem interdição do pai e prisão da madrasta
Crédito: Reprodução/Instagram @ocidmoreiraFilhos rejeitados de Cid Moreira pedem interdição do pai e prisão da madrasta

O inquérito

Segundo o Notícias da TV, na ação de interdição com tutela de urgência, os irmãos alegam que o pai é “pessoa idosa, senil e tem problemas psiquiátricos ocasionados pela idade”.

Eles acusam Fátima de “depenar totalmente o idoso, em puro estelionato senil, apropriação indébita e formação de quadrilha”. De acordo com os irmãos, a madrasta vem “subtraindo tudo o que o idoso recebe, e transferindo tudo o que pode para parentes”.

Na abertura de inquérito policial, os dois destacam que o pai casou com uma “senhora 40 anos mais nova, no regime de separação total de bens, a qual vem se aproveitando da sua senilidade, de seus problemas de saúde, da própria idade, para se apropriar de tudo”.

Relato de maus-tratos e transferência de bens

No documento, existem relatos de maus-tratos, como oferta de comida estragada para jornalista aposentado, falta de medicação e tratamento aos gritos. Segundo os herdeiros, o pai é tratado “como se fosse uma criança levada”.

Nos autos, Fátima é acusada transferir propriedades do marido para outras pessoas de sua família. “Com a ajuda de parentes e amigos, começou a vender para os mesmos, imóveis do idoso vulnerável por preço vil, e os mesmos vendiam pelo preço real”, delatam.

“Ela se apropriou de seus salários, ganhos, direitos autorais, e não se tem notícia o que fez, mas sabe-se que com o idoso não está mais. Começou, então, a forçar a separação do pai para com os filhos com o argumento que um deles era gay e o convenceu a deserdar o filho”, diz em detalhes no documento.

Bens bloqueados e pedido de prisão preventiva da madrasta

Em decorrência de todas as suspeitas, a defesa dos filhos de Cid Moreira pede que os bens de Fátima sejam bloqueados. Eles pedem também que a Justiça rastreie as posses do pai, avaliando o que foi vendido durante a união atual. Há, inclusive, um requerimento para que a Globo dê informações detalhadas de tudo que foi pago para seu ex-funcionário, no intuito de apurar se a suspeita se apossou de algo indevidamente.

O pedido pede a prisão preventiva da mulher do jornalista. “Diante da gravidade dos fatos e da tentativa da querelada em tentar mudar provas, contatar testemunhas, que seja decretada a prisão provisória da mesma por 30 dias, prorrogando-se até que tudo seja apurado ou surja uma preventiva”, diz a solicitação.

Compartilhe:

Tags: #Famosos