Últimas notícias:

Loading...

Gil do Vigor rebate declaração homofóbica de Bruna Karla sobre casamento gay

"De fato, quando Jesus aparecer alguém irá se envergonhar e não é seu amigo gay mas sim você por sua atitude preconceituosa!", disparou o economista

Por: Redação

A cantora gospel Bruna Karla contou que se recusou cantar no casamento de um amigo devido a orientação sexual dele. Bruna não aceitou o convite por se tratar de um casamento homoafetivo. A cantora ainda aconselhou o rapaz a se relacionar com “uma mulher cheia do poder de Deus”, justificando que ao casar-se com outro homem o amigo estaria “escolhendo o caminho da morte eterna”.

Gil do Vigor rebate declaração homofóbica de Bruna Karla sobre casamento gay
Crédito: Reprodução/InstagramGil do Vigor rebate declaração homofóbica de Bruna Karla sobre casamento gay

“Aos meus queridos ouvintes homossexuais, o que Deus tem para a sua vida é libertação. O que Deus tem para a sua vida é o que ele sonhou para você. Receba todo o meu amor, o meu respeito, porque Jesus não sonhou isso para você. Lá no julgamento, quando Jesus voltar, se ele estiver, ele vai falar ‘poxa, a Bruna andou comigo, ela sabia que eu estava errado, que o caminho que eu estava escolhendo era de morte eterna’. Eu chego a ficar emocionada porque se a gente abrir a nossa boca para dizer que você não vai para o céu… Gente, é morte eterna, inferno! Já imaginou viver uma condenação eterna? É para sempre que você vai viver aquilo. Acabou. É terrível. Aquele lugar é horroroso”, declarou a cantora.

A fala de Bruna Karla foi veemente criticada nas redes sociais, inclusive, por algumas personalidades da mídia. Gil do Vigor comentou em seu Twitter: “De fato, quando Jesus aparecer alguém irá se envergonhar e não é seu amigo gay mas sim você por sua atitude preconceituosa! João 14 fala que Deus nos chama de amigos e a palavra amigo é forte demais para ser sustentada com base no preconceito e falta de amor ao próximo”, postou.

Quem era o tal amigo de Bruna Karla?

A jornalista Fabia Oliveira, na sua coluna ‘Em Off’, do iG, falou com o Youtuber Bruno di Simone, apontado como o amigo que Bruna Karla falou na entrevista. De acordo com ele, a cantora não agiu da mesma forma pessoalmente.

“Na realidade, foi por causa da pandemia e da minha mudança para São Paulo. Não houve um grande afastamento. Sempre nos falávamos. O que eu não fazia ideia, era que ela falava assim de mim pelas costas, porque na frente o discurso era outro. Inclusive, já afirmou que estaria sim no meu casamento gay, apenas não cantaria”, revelou.

O youtuber relatou que, mesmo depois do episódio, ele continuou amigo de Bruna Karla, mas que atualmente eles estão afastados. Ao receber o vídeo, o rapaz entrou em contato com Karina Bacchi para ter um direito de resposta no podcast. Segundo ele, a dona do podcast não o respondeu e ainda o bloqueou. Bruno diz que o assunto vai ser tratado em “esfera judicial”.

Compartilhe:

?>