Glória Maria faz desabafo sobre racismo e preconceito no Faustão

Jornalista disse que o Brasil não evoluiu nos últimos 18 anos

Por: Redação

Glória Maria levantou uma questão sobre racismo e preconceito no “Domingão do Faustão”, da Globo, do último dia 6.

Após assistir a uma entrevista que concedeu ao programa em 2001, em que dizia que o negro não deveria se vitimizar, e sim, ir à luta exigindo respeito, a jornalista do “Globo Repórter” respondeu a uma pergunta do apresentador Fausto Silva.

gloria maria 'domingão'
Crédito: Reprodução/TV GloboGlória Maria fez desabafo sobre situação social do Brasil no “Domingão”

“Depois de toda essa guerra, desse país dividido que a gente viu na eleição, você acha que esse país amadureceu para respeitar homossexual, negro, índio, criança, velho, todo tipo de gênero e classe social ou vai demorar muito ainda?”, questionou ele.

Gloria, por sua vez, acredita que não houve uma evolução sobre os temas nos últimos 18 anos.

“Acho que vai demorar séculos, não mudou nada dessa entrevista [de 2001] até hoje. Hoje, a gente tem uma visibilidade maior: se discute mais, se fala mais, porque tem a internet, as redes sociais. Agora, o problema continua igualzinho. É só você olhar em volta: as pessoas continuam sofrendo todo tipo de discriminação, os ataques raciais continuam acontecendo, os ataques homofóbicos também. Acho que só termina quando esse país tiver educação e souber o que é respeito. Enquanto isso não acontecer, a gente vai continuar discutindo esse mesmo assunto”, afirmou.