Leo Dias tem vídeo polêmico vazado e conta que pensou em se matar

Colunista foi alvo de outro jornalista, que culpou amiga pessoal da vítima por vazamento

Por: Redação

Leo Dias fez um post em seu perfil no Instagram, em tom de desabafo, para falar sobre um vídeo íntimo divulgado, segundo ele, por Erlan Bastos, apresentador na Rede Meio Norte. Nas imagens, o jornalista aparece usando drogas. De acordo com relato de Leo, Erlan teria afirmado que o vazamento da gravação foi feito por Fabia Oliveira, sua amiga íntima.

leo dias
Crédito: Reprodução/SBTLeo Dias teve pesadelo de sua vida exposto na web e relatou decisão desesperadora

“Prepare-se Sr Erlan Bastos, faremos (eu e FABIA) denúncia contra o senhor na Cidade da Polícia. Lamento profundamente que veículos de comunicação contratem esse senhor que nunca deu um furo jornalístico sequer”, disse ele, como você pode ver no post abaixo:

View this post on Instagram

Ela é um dos meus maiores orgulhos profissionais. Em pouco tempo, saiu de assistente para ser uma renomada e temida colunista. Ela é o LEODIAS de tempos atrás. Na Ubanda (religião dela que eu respeito demais) diz que o nosso elo é de outra vida., E ai… vazam vídeos… meus queridos, nunca fui santo e nem criei um personagem diferentemente do que sou. Nunca enganei a ninguém. Nem a mim mesmo. Na entrevista do Mazzafera falei da associação da droga ao sexo. E luto diariamente com isso. Vale ressaltar que este vídeo é antigo, nem moro mais naquele apartamento. Mas isso pouco importa. Fui inocente. Quebrei a cara. Dois seres sem caráter: quem fez o vídeo é, principalmente, quem divulgou. Aliás, prepare-se Sr Erlan Bastos, faremos (eu e FABIA) denúncia contra o senhor na Cidade da Polícia. Lamento profundamente que veículos de comunicação contratem esse senhor que nunca deu um furo jornalístico sequer.

A post shared by Leo Dias (@leodias) on

Em outro texto, o colunista do Uol postou uma foto de Bastos e expôs seus sentimentos com relação à dependência química, e revelou que pensou em tirar a própria vida após a divulgação da gravação.

“Eu soube da existência desse vídeo no domingo, via Twitter, um dia antes dele viralizar numa rede de conteúdo duvidoso e aquilo me deixou tão mal, mas tão mal, que eu pensei em por fim a minha vida, por vergonha […] Desde as primeiras notícias envolvendo Fábio Assunção por consequência de sua dependência química, eu me privei de falar. Não por ter a mesma doença. Simplesmente porque é uma doença. Numa era em que tanto fala-se de compaixão e empatia, foi uma maneira clara de se solidarizar com a dor do outro. Se colocar no lugar do outro vale mais do que clique”, iniciou o jornalista.

Dias continuou o relato culpando a pessoa que estava na casa dele e que filmou toda a ação: “E até que chegou o meu dia de ser o alvo. Sexo não é intimidade, amor, sim. Por isso as chances de errarmos quem levamos pra cama é bem maior do que quem levamos pro altar. Errei ao levar para a minha casa um ser tão mal caráter. Mas estava entre quatro paredes, na intimidade do meu lar. O intruso ali não era eu. Mas eu tenho que admitir que tudo isso é consequência da droga. Na terapia, aprendi que a cocaína sempre se associa a algo para viciar mais: muitos associam o álcool à cocaína, outros o trabalho, outros (como eu) ao sexo. E isso é gravíssimo […]”.

View this post on Instagram

Desde as primeiras notícias envolvendo Fábio Assunção por consequência de sua dependência química, eu me privei de falar. Não por ter a mesma doença. Simplesmente porque é uma doença. Numa era em que tanto fala-se de compaixão e empatia, foi uma maneira clara de se solidarizar com a dor do outro. Se colocar no lugar do outro vale mais do que re clique. Um outro episódio que marcou a minha carreira foi o vídeo do ator Alexandre Borges com transsexuais. Muita gente me recriminou. E eu contestei. Se fosse uma loirinha ou moreninha, estava ótimo pra ele. Mas pq ele não pode ter preferência por trans? Qual problema? Tesao cada um tem o seu. E até que chegou o meu dia de ser o alvo. Sexo não é intimidade, amor, sim. Por isso as. chances de errarmos quem levamos pra cama é bem maior do que quem levamos pro altar. Errei ao levar para a minha casa um ser tão mal caráter. Mas estava entre quatro paredes, na intimidade do meu lar. O intruso ali não er eu. Mas eu tenho que admitir que tudo isso é consequência da droga. Na terapia , aprendi Que a cocaína sempre se associa a algo para viciar mais: muitos associam o álcool à cocaina, outros o trabalho, outros (como eu) ao sexo. É isso é gravíssimo. O grande perigo da cocaína é que ela é facilmente adaptável em vários ambientes, diferentemente de outras drogas. É preciso se reeducar sexualmente. Minha terapeuta, por exemplo, sugeriu um ano sem sexo, sem vídeos pornos e afins. Enfim, eu expliquei em detalhes para sacramentar que isso é uma doença. Doença da mente, por isso muitos associam com a falta de caráter. Falta de caráter é expor detalhes sórdidos de algo que me envergonha profundamente. É compactuar a atitude de uma pessoa que fez tal vídeo sem eu perceber que estava sendo filmado. Eu soube da existência desse vídeo no domingo, via Twitter,um dia antes dele viralizar numa rede de conteúdo duvidoso e aquilo me deixou tão mal, mas tão mal que eu pensei em por fim ã Minha vida, por vergonha” . Pedi perdão q Deus e que Ele tenha piedade desse senhor que se intitula jornalista. Mas como eu já expus o melhor e o pior de mim, estou aqui, de peito aberto, para falar de vários tabus do vício.

A post shared by Leo Dias (@leodias) on

suicídio
Crédito: Arte Catraca LivreLigue 188

ACUSAÇÃO DE TRAIÇÃO

No meio de todo o burburinho em torno do vazamento das imagens de Leo Dias, Erlan Bastos se defendeu dizendo que irá tomar medidas judiciais sobre a acusação.

“Hoje de manhã conversei com a minha advogada, e a gente vai entrar com uma representação contra esse jornalista, por ter usado a minha imagem no Instagram dele dentro de um texto completamente mirabolante”, disse ele durante o programa ‘Vida de Artista’.

View this post on Instagram

💣EM OFF💣 Você já ouviu falar no termo “amiga da onça”, que se aplica para aquela pessoa que você jura que é sua amiga mas pelas costas te trai? Exatamente! Uma famosa colunista, famosa principalmente por copiar informações exclusivas de colegas de trabalho fingindo serem apurações suas, aprontou uma com seu amigo, amigo mesmo, pois já trabalharam juntos e tudo. Essa colunista enviou um e-mail para dezenas de pessoas contendo um vídeo do seu amigo usando cocaína. Pelo que parece ela enviou pelo seu próprio e-mail “sem querer”. O vídeo foi encaminhado para diversos jornalistas do país, inclusive para esse que vos escreve. A mesma “jornalista” tentou pegar o lugar do amigo assim que ele deixou de fazer parte de um programa na grande mídia. Nos bastidores, morre de queimar o amigo, mas quando tá perto dele, se ajoelha e ora. Deus me livre de amizade assim 💣

A post shared by Erlan Bastos️️️ (@erlan_bastos) on

Conheça os sinais da dependência química e como buscar ajuda

Estamos sempre em busca de estímulos que nos dão prazer total e as drogas acionam o sistema de recompensa do nosso cérebro, uma área encarregada de transmitir essa sensação para o corpo todo. A dependência química acontece quando o cérebro vai se interessando somente pela sensação de prazer provocada pela droga.

Apesar de cada pessoa sentir efeitos diferentes, a proposta é a mesma. Não importa se o prazer tenha vindo do cigarro, álcool, maconha, cocaína ou LSD. A área estimulada do cérebro é a mesma e, por isso, só produzem dependência as drogas que atuam no sistema de recompensa.

Sinais de dependência química: A dependência química é um quadro muito complexo, difícil de diagnosticar. Por exemplo, você consideraria aquela cervejinha após o trabalho um problema? Talvez não, mas beber socialmente três vezes por semana já é considerado um problema.

Tratamento: A dependência química tem caráter crônico, incurável e progressivo. Por isso, o indivíduo necessita de tratamento constante, independente de estar fazendo o uso ou não da droga. Leia a matéria completa no link.

Compartilhe: