Marcão do Povo volta a atacar Ludmilla após chamá-la de ‘macaca’

Em participação no "Fofocalizando", o apresentador resgatou a história e insistiu que nada fez de errado

Por: Redação | Comunicar erro

O apresentador Marcão do Povo, tornou a atacar Ludmilla, nesta terça-feira, 21, durante o “Fofocalizando”, no SBT. Durante o programa, o jornalista estrelou o quadro Tritura ou Não Tritura Especial, no qual devia “destruir” ou não 10 famosos. Um deles foi a funkeira.

Crédito: Reprodução/SBTMarcos Paulo Ribeiro Morais, mais conhecido como Marcão do Povo

A desavença entre Marcão e Ludmilla começou de janeiro de 2017, quando o apresentador foi demitido da RecordTV após chamar a cantora de“macaca”. O termo racista gerou repercussão, mas Marcão insiste que tudo não passou de um mal-entendido.

“Quando recebi um convite para um programa em rede nacional soltaram aquele vídeo, que foi reeditado. E aí publicaram que um apresentador da Record chamava Ludmilla de ‘macaca’. Eu nunca faria isso. Uma pessoa que veio da roça, que jamais ofendeu ninguém, que nunca denegriu ninguém”, declarou Marcão.

Segundo o ex-apresentador da RecordTV, o “problema” de Ludmilla foi “falta de interpretação”. “Ela poderia consultar os advogados dela, consultar o Código Penal, consultar o Google… Você pesquisa o que é ‘pobre macaco’ e vai ver que é uma expressão muito usada na região Centro-Oeste do país, em todo lugar”, argumentou.

As palavras de Marcão não agradou Leo Dias e nem Lívia Andrade. Vale ressaltar que Dias já foi processado por Marcão por ter divulgado os comentários racistas no Fofocalizando. “Se eu inventei, se menti, se caluniei [a Ludmilla], eu pego minhas coisas e vou embora. Eu sou macho”, disparou Marcão. “Jamais a ofendi. E ela, sem entender, saiu difamando minha pessoa, por isso vou triturá-la”.

Afirmando não ter feito “coisa errada”, o comunicador desabafou: “Vou triturar porque cheguei em casa e vi minha família chorando, sem saber para onde eu ia e o que ia fazer”.

Por fim, solicitou: “Leo, queria dizer que eu topo, a qualquer momento, estar com ela pessoalmente. Gostaria de pegar na mão, abraçá-la e pedir desculpas, porque ela interpretou errado e eu não gosto de denegrir ninguém”.

1 / 8
1
03:56
Netflix: ‘Capitão Fantástico’ é inspiração para a família toda
Chegou na Netflix o filme “Capitão Fantástico”, que faz sucesso entre adultos e crianças. Você vai se inspirar com a história …
2
05:57
15 memes imperdíveis sobre o governo Bolsonaro
Já ouviu falar em deep fake? A tecnologia usada para colocar o rosto de uma pessoa em outra em um …
3
05:57
Netflix: ‘Olhos que condenam’, quando a justiça não é cega
"Olhos que condenam" é uma minissérie com 4 episódios que conta a história real de um dos maiores e mais …
4
02:59
A origem dos filmes da Disney
No vídeo de hoje, a nossa correspondente Taty Leite, do Canal Vá Ler um Livro, conta sobre como os filmes …
5
01:17
Conheça as obras de Robert Mapplethorpe
O jornalista Gilberto Dimenstein foi ao museu Guggenheim, em Nova Iorque e comenta a carreira do fotógrafo Robert Mapplethorpe, que …
6
03:04
Netflix: comédia argentina fala sobre arte e amizade
O cinema argentino nos brinda com mais um grande filme, disponível agora na Netflix. “Minha obra-prima” é um filme para …
7
08:10
Netflix: 4 documentários imperdíveis para repensar a vida
A Netflix disponibiliza documentários sobre variados temas e então decidimos fazer uma seleção de quatro títulos que convidam o espectador …
8
20:37
Copa feminina: Boletim da Tia Paulinha – Episódio 5
Infelizmente, a Copa Feminina está chegando ao fim, assim como o Boletim da Tia Paulinha. No último episódio, relembramos os …