MC Loma volta para a escola após cancelamento de shows

"Vocês não sabem o que se passa do lado de cá. As coisas não estão sendo fáceis, mas sei que tudo vai ficar bem", disse a funkeira

Por: Redação | Comunicar erro
MC Loma na escola
Crédito: reprodução/Instagram@mclomaofficialA funkeira MC Loma, que foi proibida de fazer show por não estar estudando, voltou para as salas de aula

MC Loma voltou para a escola. A funkeira de 15 anos, que foi proibida de fazer show por não estar estudando, falou pela primeira vez sobre o assunto no Instagram, neste sábado, 11. No texto, a adolescente revela como foi estar longe das salas de aula e incentiva os jovens a estudarem.

Paloma Roberta, que está cursando o 9º do Ensino Fundamental II, também aproveitou o momento para responder às críticas que recebeu por ter passado meses sem estar matriculada em uma instituição de ensino.

Leia na íntegra a declaração da garota:

“Oi, anjinhos! Então, sei que teve a repercução sobre eu não tá frequentando a escola. Eu ainda não tinha me pronunciado sobre isso, estava devendo isso a vocês de vir aqui e falar sobre. Realmente eu não estava frequentando a escola desde de que comecei morar aqui em São Paulo. Muitas pessoas estão falando absurdos comigo e com a minha mãe por mensagens e comentários. Passei dias triste com isso, até porque eu não estava estudando por culpa da minha mãe, não, muito menos por culpa minha… Vocês não sabem o que se passa do lado de cá. As coisas não estão sendo fáceis, mas sei que tudo vai ficar bem. De verdade, e de todo meu coração, estou muito feliz de está estudando de novo. É esse exemplo que quero passar para vocês, estudem, façam cursinhos e procurem sempre se empenhar na escola e na vida”, declarou.

O caso

A polêmica começou quando o Clube Metrópole, em Boa Viagem, revelou, por meio de nota, que os shows da adolescente haviam sido cancelados por falta de documentação necessária.

O impedimento de fazer shows veio da Vara Regional da Infância e Juventude em Pernambuco. A portaria número 004, do ano de 2011, disciplina a participação de criança ou adolescente em espetáculos públicos e certames de beleza e institui uma série de regras a serem cumpridas para a devida regularização. Uma delas é a declaração de matrícula e frequência das aulas, firmada pelo estabelecimento regular de ensino.

Compartilhe: