Mobilização por Inês Brasil faz Grammy bloquear brasileiros em sua página

Por: Redação Comunicar erro

Os brasileiros causaram mais uma vez, e em proporções internacionais. Na última terça-feira, dia 1º, a página do Grammy, prestigiado evento da indústria musical no mundo, disse pelo Facebook que os indicados serão divulgados em uma semana e lançaram a pergunta: “Quem você acha que será nomeado?”.

Foi o que bastou. “INÊS BRASIL BEST BE NOMINATED”, foi um dos comentários mais curtidos da postagem, seguidos por outros tantos que colocavam a cantora, dançarina e aspirante ao BBB, Inês Brasil, no topo das indicações ao prêmio em 2016.

Reprodução/Hugo Gloss
Postagem do Grammy, quando ainda estava disponível

Depois de toda a mobilização, Inês foi parar no site oficial do Grammy. Antes de ter sido removida, ela chegou a ficar em primeiro lugar na votação do Grammy Amplifier, com mais de 75 mil audições. Sobrou para os brasileiros também, que foram bloqueados da página do Grammy no Facebook. A mensagem “O link que você seguiu pode ter expirado, ou a página pode estar visível apenas para um público no qual você não está incluído” aparece ao tentar acessá-la.

Reprodução
Mensagem que aparece aos brasileiros que tentam acessar a página

A página Grammy Amplifier, para esclarecer, tem um objetivo importante de divulgar artistas novos e independentes. Se o artista for um dos 25 mais compartilhados do site, ele pode ser um dos três selecionados para ganhar uma sessão com um produtor ganhador do Grammy, um clipe gravado por um diretor famoso ou a oportunidade de abrir o show de uma grande turnê ou festival.

Reprodução/Grammy Amplifier
Perfil de Inês Brasil no Grammy Amplifier

O perfil de Inês Brasil foi tirado do ar, mas outros artistas brasileiros como Wanessa, Anitta e Valesca estão por lá.

A internet, claro, não perdeu tempo com os memes sobre o acontecimento:

Reprodução/Facebook

E o Grammy vai para…

Posted by Hashtag POP on Monday, November 30, 2015

Reprodução/@thiago_p
Reprodução/@Vezon_

Outra trolagem brasileira

Em 2014, o perfil de Mark Zuckerberg no Facebook foi alvo de milhares de comentários de brasileiros zoeiros. Na época, o presidente-executivo da própria rede social resolveu bloquear comentários em seus posts por causa disso.

Compartilhe:

1 / 8
1
06:04
Michael Jackson, culpado ou inocente? Séries exibem as duas versões
A nossa dica da semana é a sequência em dose dupla de documentários sobre a contraditória história das acusações contra …
2
05:26
Como os Beatles mudaram a minha vida — parte 3
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
3
06:05
Prepare-se: ‘Matrix 4’ vem aí com Keanu Reeves confirmado no elenco.
Você assistiu aos filmes da trilogia "Matrix"? Hoje a dica do "Cultura em Casa" é um convite para você mergulhar …
4
05:14
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 2
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
5
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
6
04:12
Netflix: ‘The Family- Democracia Ameaçada’ revela grupo secreto
A minissérie "The Family: Democracia Ameaçada", que pode ser vista na Netflix, mostra questões que te farão pensar em uma …
7
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
8
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …