Últimas notícias:

Loading...

Mulher acorda de coma de 3 meses e descobre que noivo está com outra

Brie Duval tinha apenas 10% de sobreviver, segundo os médicos

Por: Redação

Brie Duval é uma mulher de 25 anos que nasceu na Austrália, mas que morava no Canadá. Ela estava em um relacionamento de 4 anos, tinha noivado, e tinha o emprego dos sonhos, quando sofreu um acidente e ficou em coma por 3 meses. Ao acordar, descobriu que seu noivo estava morando com outra mulher.

Mulher acorda de coma de 3 meses e descobre que noivo está com outra
Crédito: Reprodução/InstagramMulher acorda de coma de 3 meses e descobre que noivo está com outra

Na ocasião, que aconteceu em meados de 2020, Brie estava se divertia com amigos enquanto bebiam em um edifício de estacionamento em obras.

Uma das pontas da construção não tinha sido finalizada. Um passo em falso e alguém poderia cair.

Devido a falta de sinalização, num momento em que se distraiu, Brie pisou no local ainda não acabado da obra e caiu de cabeça no meio de uma rua próxima.

Ela foi levada para um hospital da região por um helicóptero. Chegando lá, ela conta que teve que passar por longas horas de cirurgia e ficou internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Em coma, a jovem ficou 3 meses sem abrir os olhos e conversar. Os médicos avisaram aos pais da garota que ela tinha apenas 10% de chance de sobreviver. Mesmo assim eles pediram para que os equipamentos não fossem desligados.

Por ter ocorrido em 2020, o mundo era outro por conta da pandemia da Covid-19, e seus pais, que ainda moravam na Austrália, não conseguiam visitá-la no Canadá.

De acordo com o relato da moça ao jornal inglês “The Mirror”, a única pessoa que esteve do lado dela no hospital foi sua melhor amiga Sam, que a visitava aos finais de semana sempre acompanhada da mãe, Sandy.

“Sandy costumava vir me visitar todos os dias enquanto morava na cidade, ela se certificava de que eu tinha tudo o que precisava, pois não tinha minha mãe de verdade comigo. Ela ficava por horas, jogava jogos de tabuleiro e mantinha contato com minha mãe. Ela estava bem no meio disso”, disse ela ao jornal britânico.

Com o tempo em que o estado clínico de Brie foi melhorando, ela foi percebendo que estava com um certo grau de amnésia.

Após mais um tempo pode receber seu celular e a primeira coisa que fez foi ligar para o noivo e perguntar o motivo de ele não ter ido visitá-la. A ligação foi recusada. A garota então escreveu uma mensagem e recebeu a seguinte resposta: “Eu estou com ele, ele se mudou e agora vive comigo e com meu filho. Por favor, não o procure.”

Ela contou ao veículo que ficou extremamente abalada com o momento e que não soube como reagir.

Depois do coma, a menina ainda ficou 2 meses no hospital para fazer o processo de recuperação. De acordo com ela, a sensação era de que estava a todo tempo com os efeitos de uma concussão.

“Voltando à vida normal, apenas tentando estabelecer qual é o meu novo normal – eu não conseguia engolir quando acordei, tive que tentar aprender a andar novamente, da cintura até os dedos dos pés, parecia que estava morta. Todos os meus músculos foram completamente perdidos enquanto eu estava deitada na cama”, relatou.

Ela falou ao jornal que a experiência de passar por isso longe da família foi traumática e por conta disso resolveu voltar para a Austrália e pretende ficar por lá ao lado dos familiares.

Compartilhe:

?>