Na Coreia Do Sul tem um curso para desestimular o suicídio

Por: Catraca Livre

Os índices de suicídio na Coréia do Sul entre os jovens são alarmantes. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o país tem a segunda maior taxa de suicídio no mundo.

Mas um curso ministrado pela Seoul Hyowon Healing Centre, na capital Seul, desenvolveu um método um tanto quanto peculiar para tentar evitar esta prática.

COMO FUNCIONA O CURSO PARA DESESTIMULAR O SUICÍDIO

Logo que chegam, os inscritos posam para uma foto.

Em seguida, eles escrevem uma carta de despedida para os seus familiares.

Depois, todos leem as cartas em voz alta e a grande maioria acaba se emocionando.

Tem mais? Sim! Eles são convidados a entrarem em caixões fúnebres segurando as próprias fotos com as cartas de despedida.

Esta etapa também é clicada para ser guardada de recordação.

Uma breve cerimônia fúnebre de despedida é realizada.

O intuito é fazer com que todos reflitam e vivenciem um pouco sobre a própria morte. Tá tranquilo? Então se liga nisso!

Em determinado momento as luzes são apagadas, algumas velas são acessas e os caixões são fechados com a galera dentro deles. 

Após os caixões serem abertos novamente, 10 minutos depois, as pessoas parecem um pouco atordoadas.

Por enquanto, ninguém se suicidou após fazer este curso e várias empresas tem oferecido esta vivência para os seus funcionários.

Compartilhe: