Sacha Cohen entra disfarçado em comício de extrema direita nos EUA

Quando foi descoberto, o ator teve que sair da reunião de supremacistas em uma ambulância

Por: Redação

Usando a mesma tática pela qual ficou conhecido no filme “Borat”, Sacha Baron Cohen se vestiu de cantor country e entrou em um comício de extrema direita em Olympia, nos Estados Unidos. Ele subiu no palco e cantou música racista com apoio dos que participavam do evento.

Assista ao vídeo:

Com barba postiça, óculos, macacão e chapéu, o comediante ironizou a ideia de que a China criou o vírus, citou o ex-presidente Barack Obama e a ex-senadora Hillary Clinton, que disputou a última eleição presidencial contra Donald Trump.

Crédito: Reprodução/YouTubeSacha Baron Cohen disfarçado em comício de extrema direita nos EUA

Comediante britânico de origem judaica formado em história, Sacha Baron Cohen ficou famoso com personagens como Borat, Ali G, Brüno e Almirante General Aladeen. Muitas de suas aparições públicas são infiltradas, como ocorreu em  Olympia.

Compartilhe: