CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Viva a diversidade! 🏳️‍🌈Bob Esponja é um personagem LGBTQ+

Anúncio foi feito pela Nickelodeon em celebração ao mês do Orgulho LGBTQ+

Por: Redação

Para celebrar o Mês do Orgulho LGBTQ+, abrimos este post com uma notícia que pode melhorar seu dia. Afinal, Bob Esponja é, SIM, um personagem LGBTQ+. Quem garante é a Nickelodeon, responsável pelo protagonista da série “Bob Esponja Calça Quadradra”, lançado em 1999.

O anúncio foi feito no Twitter, onde a Nick lembrou alguns perzsonagens de sua grade comemorando o Mês do Orgulho LGBTQ+

Além de Bob Esponja, que aparece sob um filtro nas cores do arco-iris, aparecem os personagens Korra, de “A Lenda de Korra”, que tem como companheira outra personagem mulher; e Schwoz Schwartz, de “Henry Danger”, interpretado pelo ator trans Michael Cohen.

Bob Esponja LGBTQ+
Criado em 1999 por Stephen Hillenburg, Bob Esponja é um dos personagens mais populares da Nickelodeon

A notícia divulgada no último sábado, 13, põe fim a uma especulação de anos sobre a sexualidade do personagem principal. Inclusive, abrindo espaço para a possibilidade de que Bob Esponja e Patrick Estrela, seu melhor amigo, fossem na verdade um casal.

Há muitos anos se especula sobre a sexualidade do animal marinho, com muitos fãs do desenho dizendo, inclusive, que ele e seu melhor amigo, a estrela do mar Patrick, na verdade seriam um casal.

Em meio às suposições, em um já longínquo episódio de 2002, Bob Esponja e Patrick adotam uma concha e passam a viver como seus pais. Apesar disso,  Stephen Hillenburg nunca confirmou a hipótese e chegou a dizer em entrevista que o protagonista era assexuado. “Nós nunca tivemos intensão de que eles [Bob Esponja e Patrick] fossem gays. Eu considero eles como sendo quase assexuados. Nós estamos apenas tentando ser divertidos”, disse ele em 2005 à revista People.

LGBTQ+

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.