CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Web evidencia Fabio Assunção sóbrio e dá lição de empatia

Internautas colocaram o ator nos TT’s para valorizar sua batalha contra a dependência química

Por: Redação

Fabio Assunção voltou a ficar em evidência nas redes sociais, nesta segunda-feira, 29, mas desta vez, os internautas deram uma trégua nas críticas e deboches, e quiseram só falar bem do ator. E não é para menos, o famoso tem seguido uma rotina de exercícios de dar orgulho nesta quarentena, e tem se dado bem na recuperação de sua dependência química.

fabio assunção
Crédito: Reprodução/Instagram Fabio Assunção mudou o visual e tem praticado exercícios com frequência

Alguns admiradores do artista quiseram dar exemplo de empatia e solidariedade e evidenciaram que Assunção tem vencido um dia de cada vez para se manter sóbrio e longe de encrencas.

Alguns deles, inclusive, usaram a ‘má fama’ do galã para atrair curiosos, que quando entravam na tag, se deparavam com coisas positivas do ator. É assim que se espalha energia positiva!

“Eis aqui a imagem de Fabio Assunção sóbrio. Sei que muitos não irão compartilhar, afinal, é mais engraçado compartilhar a desgraça, né? Parabéns, Fabio Assunção, o Brasil está orgulhoso por você conseguir sair da dependência. Você é um exemplo para muitos”, disse um seguidor.

Confira algumas reações abaixo e se contagie com tanto amor e apreciação:

Dependência Química

A dependência química é uma doença crônica caracterizada pelo conjunto de fenômenos comportamentais, cognitivos e filosóficos que se desenvolvem após o uso repetido de determinada substância. Diversos fatores contribuem para o desenvolvimento da doença, incluindo a quantidade e frequência de uso da substância, a condição de saúde do indivíduo e os fatores genéticos, psicossociais e ambientais.

Legal seria não precisar dizer o quanto é desumano fazer chacota de uma pessoa doente. Entender que por mais que situações lhe pareçam engraçadas, no fundo elas revelam uma pessoa ainda refém da doença e isso jamais deveria ser motivo de piada.

VEJA O QUE ESPECIALISTAS DIZEM SOBRE RECUPERAÇÃO E TRATAMENTO DE DEPENDENTES QUÍMICOS

Abstinência

Uma pessoa que luta contra a dependência química, como é o caso de Fábio Assunção, passa por momentos de abstinência. A Abstinência ocorre quando a pessoa que consome drogas de forma habitual e/ou intensa, suspende o uso de forma abrupta ou o consumo reduz drasticamente. Ela acontece independentemente do sexo, idade, classe social ou raça do indivíduo.

Os sintomas são: insônia, náusea, vômitos, muita inquietação, aumento da frequência respiratória, pulsação acelerada, aumento da profundidade da respiração, aumento da pressão arterial, febre e dor abdominal intensa, diarreia, ejaculação e orgasmo espontâneo, perda de peso, desidratação clínica, distúrbios do metabolismo, ansiedade, procura por algum tipo de droga ou algo que substitua a sensação que ela proporciona ao indivíduo, suor excessivo, fraqueza geral, dilatação das pupilas, tremores musculares, arrepios e dores no corpo.

Obviamente que zombar de uma pessoa que passa por tudo isso, ou quase tudo isso, na luta para largar as drogas é bastante insensível, desumano e cruel.

Quem nós queremos ser? Aqueles que ajudam as pessoas a sair dessa, que incentivam a não se drogar ou aquelas que fazem piadas maldosas quem contribuem para o desequilíbrio emocional de quem já está passando por muitos problemas? Vamos colocar a mão na consciência!

Recaída

Quem é dependente químico pode passar por recaídas, as vezes derivadas da abstinência, mas nem sempre. Pessoas com a doença, livres das drogas há anos também são vítimas de recaídas. Por problemas pessoais, por fraqueza, depressão, muitos fatores são gatilhos.

Junto com a recaída vem o sentimento de culpa, de fracasso, de impotência perante a droga. A partir daí vem a reconstrução do trabalho, parar de usar novamente, poder ter crises de abstinência de novo. Não é fácil.

Só a possibilidade de alguém ter uma recaída já deve te fazer pensar 10x se uma piadinha vale a pena mesmo.

Vida profissional

O trabalho e a família de um dependente são muito afetados. Se você parar pra pensar que suas piadas contribuem para acabar com a carreira profissional de alguém, será que vale a pena?

Tudo bem, muitos podem dizer que ele é ator, é rico, famoso, que se nunca mais arrumar um emprego na vida, ainda terá como viver. Mas veja bem, não é possível ter certeza disso.

Além do mais, o principal da vida é o que deixamos, o nosso legado, fruto do nosso trabalho. Sejamos aqueles que contribuíram para uma pessoa superar as adversidades que a vida impôs – afinal dependência química não é escolha – e não para afundá-la ainda mais.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.