Publicidade

Informar

Gaby Amarantos posa de biquíni e faz manifesto de aceitação

"Vamos libertar nossos corpos", disse a cantora

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade
Gaby Amarantos

Gaby Amarantos deu um show de autoestima elevada ao fazer uma espécie de manifesto nas redes sociais, na última quarta-feira, 10.

A cantora publicou uma foto sua de biquíni, mostrando o bumbum, durante um passeio de iate, e falou sobre a importância de aceitar o corpo e da luta feminista.

“Preciso desabafar e dizer bem alto: ‘Vamos libertar nossos corpos’. Quero ver cada vez mais pessoas se amando, aceitando e se postando como são. Eu fico aflita quando vejo pessoas achando que a felicidade está apenas em mudar externamente (e olhem que eu já passei por isso), mas é mentira, não caiam nessa manas, e tem um monte de adolescentes querendo fazer intervenções para serem aceitas ou para se aceitarem. É muito lindo e importante quando mulheres botam biquíni e desfilam suas ‘imperfeições’ reafirmando auto-estima”, afirmou.

Por fim, a artista mandou um recado para que as mulheres entendam que são belas.

“Somos maravilhosas, sim! Não acreditem em tudo que se vê no Instagram. Temos que gritar isso para o mundo, temos que parar com essa merda de sofrer por querer se enquadrar. Quero também exaltar as manas que tem fortalecido um movimento do verão da aceitação, estão de parabéns, continuem,”, concluiu.

Gaby Amarantos já passou por alguns processos de dieta, incluindo uma alimentação vegana, chegou a perder 20kg, porém nunca perdeu suas curvas e é favor da diversidade. Sabe quem mais está no time da brasileira? Ashley Graham. A modelo plus size levanta diversas bandeiras de empoderamento e aceitação do próprio corpo. Veja um exemplo:

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Museu de Anatomia Humana da USP exibe peças que ensina como o seu corpo funciona

Cereja Flor: O lugar das taças de sorvetes gigantes em São Paulo

Fondue taiwanês é a próxima delícia que você tem de provar

Médica tira dúvidas sobre anticoncepcional

Refugiados se tornaram microempreendedores em um lava-rápido em São Paulo

Publicidade