O Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado (MAB-FAAP) estará funcionando durante as  férias. Quem não for viajar, poderá conferir a 40ª Anual de Arte, que este ano celebra 40 edições e apresenta uma diversidade de criações estéticas em três exposições simultâneas: “40 edições da Anual de Arte FAAP: 1964 – 2008”, apresentando documentos e materiais históricos, a “FAAP e Cité des Arts: 10 anos de Programa de Residência Artística”, com depoimentos dos artistas que desenvolveram pesquisas e trabalhos em Paris e a tradicional Anual de Arte, exibindo pinturas, desenhos, gravuras, vídeos, fotografias, colagens, performances e instalações elaborados pelos alunos da Fundação.

divulgaçãoPúblico observa obra exposta na Faap

Créditos: Público observa obra exposta na Faap

Público observa obra exposta; mostra vai até o próximo mês

A exposição, que já integra o calendário da cidade, estará em cartaz até 1 de fevereiro de 2009, no Salão Cultural do Museu de Arte Brasileira (MAB-FAAP). As visitas podem ser realizadas de terça a sexta-feira, das 10h00 às 20h00 e aos sábados, domingos e feriados, das 13h às 17h.

A Anual de Arte, cuja primeira edição foi realizada em 1964, tem como princípio incentivar a produção artística e cultural dos alunos, além de criar um espaço de reflexão a partir de novas idéias e percepções sobre a arte. “A arte é uma ferramenta educativa e sua visibilidade extramuros amplia as perspectivas de diálogo. Ela instiga, denuncia, questiona, acalma, provoca reflexões e possibilita novas maneiras de pensar. Por isso, os trabalhos expostos na Anual contribuem para a valorização do potencial desses artistas, que retratam a expressão da contemporaneidade a partir do olhar da nova geração”, explica o professor Marcos Moraes, responsável pela mostra e Coordenador do curso de Artes Plásticas da FAAP.

Composição

A seção histórica da Anual – “40 edições da Anual de Arte FAAP: 1964 – 2008” – reúne catálogos, cartazes, livros de registro, fichas de inscrição e informações relativas às edições da mostra ao longo das últimas cinco décadas, documentando a presença dos alunos inscritos e premiados, das comissões de seleção e dos artistas convidados e homenageados.

Em “FAAP e Cité des Arts: 10 anos de programa de residência artística”, estão sendo apresentados depoimentos em vídeo dos 20 artistas que, durante seis meses, desenvolveram pesquisas e trabalhos no estúdio mantido pela FAAP em Paris, às margens do rio Sena. Uma grande galeria reunirá os relatos das experiências vividas por Dora Longo Bahia, Caetano de Almeida, Cláudio Mubarac, Sandra Cinto, Maria Teresa Louro, Flávio Matangrano, Laerte Ramos, Marcela Tiboni, Lia Chaia, Fábio Faria, Marcius Gallan, entre outros. Na mesma galeria, haverá uma vitrine que atravessa o espaço apresentando documentos de processo – de criação e registro – como projetos, diários, cadernos de anotações, fotografias, correspondência e os relatórios finais de viagem, oferecendo ao público fragmentos e indicadores dos desdobramentos dessas pesquisas.

A 40ª Anual de Arte também exibirá as obras de 29 alunos, escolhidas por uma Comissão de Seleção formada, este ano, por Ellen Blumenstein, Luiz Camilo Osório, Paula Alzugaray e Marcos Moraes. No total, foram 120 trabalhos inscritos e cada artista pode inscrever até três obras. Os alunos escolhidos foram premiados com três bolsas de estudos de 90%, duas bolsas de 75% e duas bolsas de 60%.

Confira outras imagens -

1/4

 

Público observa obra exposta na Faap

2/4

 

3/4

 

4/4

 

  •  

    Público observa obra exposta na Faap

    1/4

    Público observa obra exposta na Faap

  •  

    flavia-junqueira2

    2/4

  •  

    flavia-junqueira3

    3/4

  •  

    flavia-junqueira

    4/4

40ª Anual de Arte FAAP