Editorias
20150422155255413428u

Pesquisa mostra quais os emojis mais usados em diferentes países

  • Ver Dica Digital »
  • divulgação

    Sexo é mais que prazer! Confira 13 razões científicas para praticar

  • Ver Bem-Estar »
  • brigadeiro_de_dadinho_com_pacoquita_cremosa_de_kadu_barros

    Gordice: brigadeiro de Dadinho com Paçoquita Cremosa

  • Ver Gastronomia »
  • Nancie_Still_51

    Professora ganha US$ 1 milhão e doa à escola que fundou

  • Ver Geração E »
  • rinocerantebranco_seguranca

    Último rinoceronte branco está sendo vigiado por militares

  • Ver Mundo Animal »
  • salao_do_estudante

    Salão do Estudante chega à sua 20ª edição em sete capitais brasileiras

  • Ver Educação »
  • pedal of bike

    Bicicleta com pedal conectado: uma boa solução antifurtos

  • Ver Urbanidade »
  • Colorblind-People-Experiencing-Colors_0-640x253

    Pessoas daltônicas vêem cores pela primeira vez

  • Ver Inovação »
  • viagem

    16 melhores empregos para quem ama viajar

  • Ver Emprego »
  • home_office_Getty_Images

    Confira 10 minifranquias para trabalhar em casa

  • Ver Negócios »
  • A quase morte de Zé Malandro ou Contos de Enganar a Morte

    em

    Inspirada na obra de Ricardo Azevedo, a saga de Zé Malandro, um herói que tenta enganar a morte. Com Mafuane Oliveira e Marilia Maia. Cia. Chaveiroeiro. Ludoteca.

    Comentários (2)

    • Responder

      Por luffy em 25 de março de 2012 as 20:40.

      muito buenos

    • Responder

      Por irandi moreira da silva em 23 de março de 2011 as 0:16.

      poema de zé azevedo quase morte

    Os comentários não representam a opinião do Catraca Livre. A responsabilidade é do autor da mensagem.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Os comentários não representam a opinião do Catraca Livre. A responsabilidade é do autor da mensagem.