Os palhaços-atletas do espetáculo de improvisão teatral Jogando no Quintal pegam o ônibus e partem para o bairro de Paraisópolis onde farão um espetáculo gratuito neste sábado, dia 11 de abril, às 16h, no Posto de Orientação (POF), Rua Ernest Renan, 261, tel: 3771-3870.

Como o "Jogando no Quintal" começou

Tudo começou no início de 2001, quando os palhaços César Gouvêa (Cizar Parker) e Márcio Ballas(João Grandão) decidiram criar, nos fundos da casa de César, um espetáculo que unisse suas duas paixões: palhaço e improvisação. Daí nasceu o Jogando no Quintal – um jogo de improvisação de palhaços com toda a ambientação de um jogo de futebol: hino do clube, placar, bandeiras, juiz, jogadores e, é claro, a torcida.

Aderindo a essa experiência tão inusitada, e atraídos pela possibilidade de se pesquisar algo novo e interessante nessa linguagem, palhaços com bastante experiência profissional foram aos poucos se juntando à dupla.

Assim começaram os primeiros jogos para uma pequena platéia de vinte ou trinta pessoas. O espetáculo fez tanto sucesso que, em poucos meses teve de mudar, devido ao público, que não parava de crescer.

Jogando no Quintal