Quem abre a programação de abril do projeto Instrumental SESC Brasil é o pianista pernambucano Vitor Araújo. Com um CD e um DVD na bagagem, 19 anos, formação clássica, o músico que vem se destacando no cenário instrumental se apresenta dia 7 de abril, terça-feira, às 19 horas, no Teatro Auditório da Unidade Provisória SESC Avenida Paulista. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência.

Transitando entre o popular e o erudito, quem já o viu tocar garante que ele é uma revelação. Jovem, já é nome conhecido no meio. Em 2006, gravou o DVD-demo Variando, com o qual ganhou proporções nacionais ao ser comentado em capas de cadernos de cultura de vários jornais, causando polêmica pelas improvisações inseridas em obras eruditas consagradas. “Ele vira a música erudita de cabeça para baixo”, diz a animadora cultural da área de música do Sesc Avenida Paulista, Lígia Moreli.

Disponibilizado em sua página no portal Youtube, o arranjo de Vitor para Asa Branca (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira) teve mais de mais de 30 mil visualizações.

No show, Vitor fará uma apresentação com repertório que vai de Heitor Villa-Lobos (Dança do índio branco e Trenzinho do Caipira) a Radiohead (Paranoid Android), passando por Tom Zé (Toc) e Chico Buarque (Samba e Amor), além de uma composição de sua autoria (Valsa para Lua), Cláudio Santoro e Luis Gonzaga.

Sobre o músico

O fenômeno da música brasileira, como já foi chamado, estuda música desde os 9 anos, foi vencedor de vários prêmios, como a Menção Honrosa no Concurso Magda Taggliaferro, em São Paulo, primeiro lugar nos Torneios Pernambucanos de Piano de 2001 e 2005, além do prêmio de Melhor Intérprete de Música Brasileira, no Torneio Josefina Aguiar. Em 2007, Vitor se apresentou no Convento de São Francisco, na Mostra Internacional de Música de Olinda – MIMO, ao lado de ícones como Antonio Menezes, Naná Vasconcelos, Egberto Gismonti, Yamandú Costa, Hamilton Holanda e Isaac Karabtchevsky.

Além de concertos e apresentações solo ao piano, Vitor integra também a banda Seu Chico, projeto de resgate das composições de Chico Buarque, que toca regularmente em Recife, e o trio Café dell Jazz, ao lado dos músicos Ângelo Mongiovi e Márcio Silva.

Instrumental Sesc Brasil

O Projeto Instrumental SESC Brasil traz ainda em abril o instrumentista Carlos Malta (dia 14), o grupo Ó do Borogodó (dia 21) e Raul de Souza (dia 28), sempre às terças-feiras, às 19 horas, no Teatro Auditório da UNIDADE PROVISÓRIA SESC AVENIDA PAULISTA. Os shows do Instrumental SESC Brasil são transmitidos ao vivo pelos portais do IG (www.ig.com.br) e do SESC (www.sescsp.org.br). Após as apresentações, os artistas participam de um chat (nos mesmos endereços acima) comandado pela jornalista Patrícia Palumbo.

Vitor Araujo