Nossa viagem musical com as amigas começou na semana passada em Nova Orleans. Agora vamos seguir pelas estradas até Lafayette, para descobrir porque essa cidade no sul da Louisiana é considerada a mais alegre dos Estados Unidos.

Créditos:

As maravilhosas paisagens da Louisiana

Vermontville

Lafayette, a quarta cidade mais populosa do estado, foi fundada em 1821 com o nome de Vermontville e dentre tantos lugares interessantes nos Estados Unidos, ela é uma agradável surpresa para quem gosta de conhecer cidades diferentes e ainda pouco exploradas.

Apesar da tranquilidade de uma cidade interiorana, engana-se quem pensa que as coisas aqui andam devagar. Cheia de festivais e atrações durante todo o ano, com muita dança, música cajun e zydeco, ótimos restaurantes com culinária autêntica cajun e creole, paisagens incríveis e um povo muito acolhedor e animado, fazem dessa cidade, uma esticada obrigatória para quem viaja para New Orleans.

Como tudo começou

Créditos:

Vermillon Ville entre anos 1700 e 1800

Para entender como essa região era na época da colonização, é preciso conhecer Vermillon Ville, uma reprodução da cidade de Lafayette entre os anos 1700 e 1800. Um lindo vilarejo, com capela, escola e casas, com móveis, objetos e artesanato da época, num espaço de 23 acres.

Lafayette_by_Ana_Paula_Garrido_IMG_5913

Créditos: Lafayette_by_Ana_Paula_Garrido_IMG_5913

Uma típica escola da época em Vermonville

Há também um parque com lagos e linda vegetação, espaço cultural com restaurantes, escola de culinária, museu e claro, um grande salão de shows com apresentações semanais de músicas cajuns e de zydeco, local sempre lotado pelos animados moradores da cidade.

Música contagiante

Créditos:

A música contagiante de Corey Ledet e sua Zydeco band no Blue Moon

O contagiante zydeco, uma mistura de ritmos cajun com melodias francesas, toques africanos e caribenhos, tocado com sanfona, triângulo e washboard, é a música rural da Louisiana que não deixa ninguém parado.

Todos os dias é possível passar em algum bar ou restaurante da cidade e se deparar com pessoas, especialmente as da terceira idade, rodopiando incansavelmente pelos salões! Impossível não se contagiar com a felicidade dos dançarinos e arriscar uns passos na pista. Se o ditado diz que “quem dança seus males espanta”, dá para desconfiar que esse é o motivo de ter tanta gente alegre nessa cidade!

Créditos:

Na cidade mais feliz dos EUA as pessoas estão sempre dançando

Como música e dança andam de mãos dadas por aqui, aproveite sua estadia para aprender os passos do zydeco e se divertir muito! O Blue Moon é um bar dançante que vale a pena conhecer. Sempre há programações com música ao vivo, como a do ótimo músico Corey Ledet e sua zydeco band. Outra opção dançante é o restaurante Randol´s, onde famílias, incluindo avós e crianças, dançam animadamente, entre rodadas de lagostins e mariscos frescos trazidos do Golfo do México.

A cultura cajun/creole

Créditos:

Creole ou cajun, a culinária é inesquecível

A palavra cajun se refere aos colonizadores franceses que vieram do Canadá para a Louisiana e toda a cultura trazida por eles. Já a palavra creole se refere aos descendentes dos franceses, espanhois e africanos nascidos na região. E essas palavras definem bem a culinária riquíssima, fruto dessa mistura cultural. Segundo alguns locais a dica é: se os molhos e sopas são a base de tomate, a comida é creole. Já a cajun é considerada a comida caipira, cheia de temperos, além de cebola, alho e pimenta.

Gastronomia inesquecível

Cooking Class para entender os segredos da culinária de Louisiana - foto Ana Paula Garrido/O melhor da viagem

Créditos: Cooking Class para entender os segredos da culinária de Louisiana - foto Ana Paula Garrido/O melhor da viagem

Cooking Class para desvendar os segredos da culinária de Louisiana

Nem tente escolher ou entender qual é qual. Prove de tudo e se delicie com a exótica culinária. Vale fazer uma coooking class no E´s Kitchen, onde o chef Paul promete contar os segredos gastronômicos da Louisiana em animadas aulas de culinária.

Olde Tyme - os melhores sanduíches segundo os locais- foto Ana Paula Garrido/O melhor da viagem

Créditos: Olde Tyme - os melhores sanduíches segundo os locais- foto Ana Paula Garrido/O melhor da viagem

Olde Tyme, os melhores sanduíches segundo os locais

Se a música anda acompanhada de dança, a gastronomia fica no meio delas. O que não falta na cidade são opções de bons restaurantes.

Para experimentar um pouquinho dessa incrível culinária, não deixe de provar os sanduiches po-boys do ótimo Olde Tyme, um pequeno e típico restaurante local, fazer um brunch no The French Press e para uma noite com música ao vivo e cercada de arte do famoso artista Rodrigue, vá no agradável Blue Dog Café.

Pimenta Tabasco

As amigas na fábrica da Tabasco

Créditos: As amigas na fábrica da Tabasco

As amigas na fábrica da Tabasco

Nos arredores de Lafayette, outras atrações justificam pelo menos 2 dias de parada para conhecer melhor a região. A famosa pimenta Tabasco é fabricada próxima dali e vale a visita para conhecer a fábrica, a fazenda, o museu e uma fofa lojinha com degustação das dezenas de pimentas fabricadas no local.

Degustação de pimenta na loja da Tabasco - foto Ana Paula Garrido/ O melhor da viagem

Créditos: Degustação de pimenta na loja da Tabasco - foto Ana Paula Garrido/ O melhor da viagem

Degustação de pimenta na loja da Tabasco

A fábrica fica em Avery Island, um lugar lindo, cercado de jardins com pássaros e animais selvagens.

De barco pelos Pântanos

A beleza dos misteriosos pântanos - foto Ana Paula Garrido/ O melhor da viagem

Créditos: A beleza dos misteriosos pântanos - foto Ana Paula Garrido/ O melhor da viagem

A beleza dos misteriosos pântanos

Outro passeio muito gostoso para quem passa na região é conhecer de barco, os pântanos da Louisiana. São paisagens lindas, misteriosas e super diferentes, onde é possível avistar e tocar em enormes jacarés, ver cobras, tartarugas e pássaros exóticos.

Fazendas Históricas

A colorida Laura Plantation - Fazenda em estilo Creole - foto Ana Paula Garrido/O melhor da viagem

Créditos: A colorida Laura Plantation - Fazenda em estilo Creole - foto Ana Paula Garrido/O melhor da viagem

A colorida Laura Plantation - Fazenda em estilo Creole

Imagine o algodão e a açucar fazendo a riqueza dos fazendeiros na região no passado. É possível vivenciar a história americana de outros séculos, visitando lindas fazendas ainda ricamente preservadas, suas mansões de cenário de filme e jardins de perder o fôlego.

Fazendas que parecem cenários de filme como a de Oak Alley - foto Ana Paula Garrido/ O melhor da viagem

Créditos: Fazendas que parecem cenários de filme como a de Oak Alley - foto Ana Paula Garrido/ O melhor da viagem

Fazendas que parecem cenários de filme como a de Oak Alley

As Plantations, (como são chamadas as fazendas), são abertas ao público e algumas delas como as de Oak Alley, a Laura e a Houmas House, com seus diferentes estilos, valem muito a visita!

Hospedagem

Para se hospedar na cidade, recomendo o novíssimo e confortável hotel Home 2 Suites by Hilton Parc Lafayette.

Ótima opção de hospedagem no novíssimo hotel Home 2 Suites by Hilton Parc Lafayette.

Créditos: Ótima opção de hospedagem no novíssimo hotel Home 2 Suites by Hilton Parc Lafayette.

Ótima opção de hospedagem no novíssimo hotel Home 2 Suites by Hilton Parc Lafayette

E a viagem continua na próxima semana

E depois de passar por New Orleans, a cidade mais divertida dos Estados Unidos, conhecer e dançar o zydeco em Lafayette, a cidade mais alegre do país, vamos seguir pela estrada da música em direção a Memphis, a terra do Elvis Presley, do blues e do rock and roll!

A cada roteiro, uma sugestão de ritmo para você curtir na viagem e no último capítulo da viagem, uma playlist com mais de 30 músicas para animar você e sua turma de amigas a viajarem pela rota da música!
Músicas para esse roteiro: Destiny de Corey Ledet and his Zydeco Band

Ana Paula Garrido, do blog O Melhor da Viagem, viajou a convite da Brand USA , Travel South, Copa Airlines com seguro de viagem GTA

Imagem Autor

Ana Paula Garrido é editora e jornalista de O melhor da viagem, blog sobre viagens, lugares e coisas imperdíveis pelo mundo, para você conhecer, curtir e viajar!

+ posts do autor

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.