Todo ano Leonardo Kossoy fotografa a região do Mediterrâneo, estabelecendo relações entre luz, geografia, história da arte e fotografia. Imagens de suas oito últimas viagens compõem a exposição “Espanhas”.

Com curadoria de Fernando Azevedo, mostra reúne cerca de 100 imagens produzidas por Kossoy. O nome da exposição no plural já indica as várias faces de um território marcado por multifacetado vigor cultural que, captadas por seu olhar, transformam-se em composições fotográficas carregadas de potência poética.

No decorrer deste projeto, o fotógrafo resolveu pesquisar outras visões da Espanha e ao folhear um livro sobre a obra de Matisse encontrou o trabalho chamado “Sevilha” que correspondia à imagem de um sofá. “Um sofá como personagem, um sofá como resumo dos sevilhanos. O sofá espanhol passou a ser para mim um signo tão legítimo quanto à silhueta de um touro, uma mulher de mantilha ou o gesto de alçar os braços antecipando a convulsão do flamenco. Aos poucos me dei conta de que a sensualidade, autoridade, o gosto pelo trágico, a intensidade, o poder de centralizar a atenção são características do gosto espanhol que se encontram indiferentemente nas procissões, touradas, no flamenco, na arte religiosa , assim como dentro de casa”, afirma Kossoy.

Segundo o curador Fernando Azevedo, as imagens de Kossoy versam sobre as “Espanhas” que conectam “Áfricas” e “Europas”, as portuguesas e espanholas que se espalham pelas Américas e vão além, como a jangada ibérica de José Saramago. “Nesse território espanhol evocado pela exposição podemos dar de cara tanto com a face intolerante e violenta da Inquisição de Fernão e Isabel e do fascismo de Franco, como com o humor perspicaz e a irreverência sensual e cáustica de um Almodóvar”, explica Azevedo.

Fotógrafo e curador

Leonardo Kossoy participou em 2008 da exposição Onde a Água Encontra a Terra, com curadoria de Paulo Herkenhoff, no Centro Cultural Banco do Brasil - RJ transformada em livro homônimo. Desde os anos 60, dedica-se às artes através da qual, juntamente com a literatura, forma seu olhar fotográfico. Kossoy expõe regularmente em Nova York, São Paulo e Rio de Janeiro.

O curador Fernando Azevedo é mestre em filosofia e história da arte pela City University de Nova York, com especialização em pintura pelo Pratt Institute, em Nova York. Já colaborou regularmente com as revistas Art Nexus e Arte Internacional, editada pelo Museu de Arte Moderna de Bogotá.

Espanhas