chelsea_mkt

Créditos: chelsea_mkt

Vai pra Nova York e quer saber os melhores lugares para comer na cidade? Como muitos sabem, NYC é "O" lugar para comer bem. Estive lá há pouco tempo e foquei a visita em gastronomia. Restaurantes, bares, mercados, docerias, cafés… Fui atrás de tudo de mais gostoso que a cidade oferece e trouxe os meus achados para cá. Depois de muitos quilos extras, eis o post! :)

Região: Meatpacking District, Chelsea & West Village

Região queridinha dos new yorkers (e dos turistas também) para se comer muuuuito bem. São dezenas de restaurantes e bares, sem falar do Chelsea Market (maaaara!!) que está por ali. Mexicano, italiano, japonês, americano… Opção é o que não falta! Minhas sugestões:

1. CATCH 
Endereço: 21 Ninth Ave

Comida incrível e ambiente cool. Confesso que fui pela sobremesa “#HITME” (você vai me entender ao assistir o vídeo abaixo) mas os outros pratos também ganharam meu estômago. O CATCH é especializado em seafood e considerado um dos melhores desta cozinha em NYC. Ou seja, se você é apaixonado por sushis e por outros pratos feitos com peixes e frutos do mar, você não pode deixar de ir a este lugar (veja menus aqui). Não como muito coisas que “nadam” (ou nadavam, melhor dizendo) mas mesmo assim me deliciei. Reserve sua mesa aqui.

[img class="wp-image-895408 size-large" src="https://catracalivre.com.br/wp-content/uploads/2015/06/01_Restaurant_CATCH_New_York-910x607.jpg" alt="Restaurante CATCH, no Meatpacking District" width="910" height="607" ]

Restaurante CATCH, no Meatpacking District[/img]

2. Buddakan
Endereço: 
75 Ninth Ave (Chelsea Market)

Voltaria mil vezes ao Buddakan! É super famoso mundo afora (já foi cenário de Sex and The City e Gossip Girl), mas o motivo da fama não é só a decoração UAU, mas também a comida que é deliciosa. Cozinha asiática com principal influência da culinária chinesa. Gostoso para pedir pratos para compartilhar. Reserve sua mesa pelo Open Table.

3. Gallow Green
Endereço: 542 W 27th Street (The McKittrick Hotel)

Quando começa o calor em NY, os nova-iorquinos não querem saber de lugares fechados e correm para os rooftops da cidade. O Gallow Green é um desses rooftops liiiindos e animados. O lugar é cheio de verde e muitas luzinhas (até parece um Jardim Secreto)! Ideal para tomar drinks de dia ou de noite ou para o brunch do sábado e domingo. Atenção: só fica aberto nos meses mais quentes.

O Gallow Green está no The McKittrick Hotel, que na verdade não é um hotel! E tem uma história interessante… Foi construído em 1939 para ser o hotel mais chique de NYC, mas 6 semanas após a inauguração e dois dias após o início da 2ª Guerra Mundial, o hotel foi condenado e permanentemente fechado para o público. Até os dias de hoje… Que funciona apenas como local de eventos! É a casa do famoso espetáculo Sleep No More.

Um andar abaixo do Gallow Green está um restaurante/bar bem bacana, o The Heath. O mais legal é o show que acontece no local às sextas e sábados com a Banda HEATHENS (eles tiram as mesas do restaurante para abrir a pista de dança!). Me apaixonei pela voz e estilo dessa cantora!! The Heath + Gallow Green = combinação ideal para quem busca uma noite agitada (mas não tão baladeira) em NY.

4. TAO Downtown
Endereço: 92 Ninth Ave

Muito parecido com o estilão do Buddakan (comida asiática com decor “UAU”) só que com ampla variedade de sushis. Reserve sua mesa pela Open Table. Se estiver em casal, peça uma mesa na escada. LINDO! Anexo ao restaurante, está a super balada TAO Downtown Nightclub.

5. Rosemary’s
Endereço: 18 Greenwich Ave

Restaurante todo fofo de comida italiana, que planta os ingredientes que utiliza nos pratos na própria horta que fica em seu rooftop. Incrível, né?!

6. The Standard Hotel
Endereço: 848 Washington at 13th Street (High Line Park)

O icônico hotel sobre o Parque High Line oferece 5 opções de bares e restaurantes para quem está hospedado ou está apenas passeando pelo Meatpacking District. O The Standard Grill, no térreo, é famoso por seus deliciosos pratos tradicionais americanos, mas o destaque, pra mim, fica com o que tem láááá no topo do prédio: o The Top of The Standard, restaurante mais chiquezinho com vistas de tirar o fôlego da cidade, e o Le Bain, também na cobertura do hotel, um bar/balada que começa de dia e vai até tarde da noite, com ambiente aberto e fechado.

7. The Filling Station
Endereço: Chelsea Market (75 9th Avenue)

Esta sugestão não é um local para “ir comer”, mas entrou na lista porque vende azeites maravilhoooosos. Todos os tipos possíveis, vendidos a granel. Prove quantos quiser, encha sua garrafinha com o preferido e leve pra casa. Além de azeites, há também vários tipos de vinagre, sal e cerveja. Fica dentro do Chelsea Market (bem escondidinho).

Região: SoHo, NoHo & TriBeCa

Os três bairros ficam no sul de Manhattan. Além de restaurantes, são cheios de lojinhas fofas e hotéis charmosos. SoHo significa “South of Houston Street”, NoHo “North of Houston Street” e TriBeCa é “Triangle Below Canal Street”.

8. DBGB Kitchen & Bar
Endereço: 299 Bowery St. (entre Houston & 1st St.)

É o restaurante despojado do chef francês Daniel Boulud. Ele possui nada menos do que 17 restaurantes (na maioria, bem sofisticados)! Mas o DBGB é um tributo do chef às comidas casuais americanas, uma homenagem aos pratos que ele aprendeu a amar desde que se mudou a NYC: salsichas, burgers e sundaes. No restaurante, com clima informal e decoração moderninha, você poderá degustar 12 tipos de salsichas caseiras, além de dezenas de cervejas (também artesanais). Reserve com antecedência aqui.

9. GATO
Endereço: 324 Lafayette St. (entre Bleecker e Houston)

Restaurante de cozinha mediterrânea do Chef Bobby Flay. Bem casual (assim como tudo nessa região), mistura as raízes de NYC com um toque de Europa. Veja menu aqui para se deliciar. 

10. Locanda Verde
Endereço: 377 Greenwich Street (The Greenwich Hotel)

New York é um dos melhores lugares do mundo para comer comida italiana fora da Itália (assim como São Paulo)! Por isso, não pode faltar na sua lista de restaurantes uma tradicional taberna italiana. A nossa escolhida foi a Locanda Verde, no The Greenwich Hotel, em TriBeCa. Sob o comando do Chef Andrew Carmellini, serve massas e outros pratos deliciosos. Um dos donos do local é o ator Robert De Niro. Comemos muitííísimo bem! Destaque para entradinha “Crostini – Sheep’s Milk Ricotta with sea salt & herbs” (eu sei… Parece simples! Só um pãozinho e tal… Mas essa ricota era divina!). Reserve pelo site do restaurante.

11. Balthazar Restaurant
Endereço: 80 Spring Street 

Esse é o restaurante mais pop do SoHo. De cozinha francesa, está sempre lotaaaaado. De vez em quando aparecem umas celebs por lá! Decoração em estilo antigo… Bem brasserie francesa.

12. Vosges Haut Chocolat
Endereço: 132 Spring Street

Pausa para um cafezinho… Para um chocolatinho… Para um sorvetinho… Hum!!! QUE DELÍCIA!! A Vosges virou minha queridinha… Fiquei 1,5 dia no SoHo e fui lá 2 vezes!!! rsrs. Eles fazem chocolates com sabores mega exóticos que não consigo nem explicar. As combinações, aparentemente bizarras, ficam com sabores incríveis! Até compramos pra trazer pra casa. Não deixe de provar o chocolate gelado (apimentadinho), a barra de chocolate amargo “Pink Himalayan Crystal Salt Caramel” (doce com toque de sal… hummmmm) e a trufa Naga (de curry indiano, coco e chocolate ao leite). Até chocolate com bacon tem!! 

13. Soho Park
Endereço: 62 Prince Street (entre Crosby e Lafayette)

Para quem não quer ir embora de NY sem comer um hamburguinho bem american, uma ótima opção é o Soho Park, em um ambiente gostoso e tranquilo, super bem localizado entre lojas e restaurantes do SoHo.

Região: Midtown & Uptown

Agora, algumas sugestões nas regiões mais conhecidas e visitadas pelos turistas: arredores da 5ª Avenida, Broadway, Central Park etc.

14. Eataly
Endereço: 200 Fifth Avenue

O Eataly vai estar sempre na minha programação quando for a NYC! Adoooooro! E ainda bem que agora também tem em SP. Mais um lugar pra comer comida italiana e comprar ingredientes de primeira qualidade. Gosto de comer no La Pizza & La Pasta, um restaurante descomplicado (“só chegar!”), com massas e pizzas deliciosas. E nesta última ida não pude resistir ao Nutella Bar! Hummm…

15. TAO Uptown
Endereço: 42 E 58th Street

Outra unidade do TAO (o primeiro, que comentei aqui, fica em Downtown, no Meatpacking). Este está localizado “mais pra cima”, já perto do Central Park, quase esquina com a Madison Ave. Mesma cozinha e decoração incríveis.

16. STK Midtown
Endereço: 1114 Avenue of the Americas (6th Ave) / Grace Building

Bem no meio do buchicho, entre prédios de escritórios e o Bryant Park (onde fica a New York Public Library) e próximo a Times Square e aos teatros da Broadway, está este restaurante lindo, com atmosfera super elegante, com foie gras, lagosta, ostras e uma seleção de kobe beef no menu (veja aqui). Por volta das 22h, o local, que também é bar, fica mais animadinho. Também há uma unidade do STK no Meatpacking District.  Destaque para a sobremesa “Churro Milkshake” (gorda nada!! rs).

17. Urban Spaces – Broadway Bites
Endereço: Greeley Square Park (33rd Street com Broadway)

Este não é UM estabelecimento e sim um “feirinha de rua”, temporária (aberta apenas no verão) com vários quiosques super gourmets. Existem vários “Urban Spaces” em NYC, mas esse Broadway Bites é uma gracinha. Como dura pouco tempo, vive cheio, mas vale a passadinha. Fica em uma pracinha chamada “Greeley Square Park”, numa intersecção da Broadway com a 33rd Street. Ideal para quem está na região da Macy’s e da H&M gigantes (Herald Square). Veja aqui os restaurantes que fazem parte.

18. Shake Shack
Endereço: Madison Square Park (Madison Ave & E 23rd St.)

Shake Shack é a casa do melhor hamburger e batata frita de Nova York, e tem lanchonetes espalhadas por todo os Estados Unidos e até mesmo em outros continentes (tem Shake Shack até na Rússia!!). Só que essa unidade do Madison Square Park é a originalíssima, onde nasceu a rede. Sem falar que o ambiente, em meio ao verde do parque, é agradabilíssimo!

19. SixtyFive
Endereço: 65º andar – 30 Rockefeller Plaza

Eu ADORO super vistas panorâmicas. E sem dúvidas, o topo de um dos prédios do Rockefeller Center é um dos lugares mais lindos para se ter isso. O SixtyFive é um bar and cocktail lounge que serve também pequenas entradinhas. Super elegante e sofisticado. Manhattan vista de cima é ainda mais incrível!

Região: East Village

Muitos turistas acabam não indo pra esse lado de Manhattan… Mas tem algo lá que fará valer a visita: NOODLES! (e óbvio, muitas outras coisas também!!)

20. Momofuku Noodle Bar
Endereço: 171 First Avenue (entre 10th e 11th Street)

Quem gosta de comer esse famoso prato da culinária asiática (eu amoooo) não pode deixar de ir a esse lugar. É um dos 6 restaurantes Momofuku de NY, porém o primeiro de todos e o único noodle bar (e também o mais “sussa” da rede – nada de luxo!!). Pra quem ama comida asiática, dê uma olhadinha nos outros restaurantes aqui.

Clique aqui para ver no mapa todos os estabelecimentos citados no post. 

E aí, gostou da “listinha”? São milhaaaaares de restaurantes incríveis na cidade, e reduzir a lista para 20 estabelecimentos apenas não foi uma tarefa fácil! Claro que ainda é muuuita coisa para uma viagem só… Mas espero que com a descrição dos lugares e as fotos, você tenha conseguido selecionar os que entrarão no seu roteiro de qualquer jeito. Sem falar que voltar pra NY é sempre uma ÓTIMA ideia!

Se tiver alguma outra dica imperdível, por favor, escreva aqui nos comentários!!

Um beijo e um queijo (e um noodle, um chocolate, um sushi, uma massinha… rsrs),

Lala Rebelo - Viajante e blogueira :)
WWW.LALAREBELO.COM

Imagem Autor

Lala Rebelo é autora do blog de viagens LALAREBELO.COM. Já morou em 6 países e viajou para mais de 60. Apaixonada por culturas diferentes, piscinas e azul turquesa.

+ posts do autor

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.