O usuário e/ou senha digitados estão incorretos.

Tetra Pak desenvolve canudos de papel para suas embalagens

Fabricante sueca de embalagens planeja lançar, até o final deste ano, canudos de papel para achocolatados e sucos individuais

07/05/2018 13:58

por Redação

Já se foi o tempo de beber achocolatados e sucos em caixinha com tubos de plástico. Como não são biodegradáveis, os itens de polipropileno levam centenas de anos para se decompor e são um dos dez resíduos mais encontrados em praias e oceanos. Diante desse cenário, a Tetra Pak anunciou que está desenvolvendo canudos de papel para suas embalagens individuais.

Tetra Pak está desenvolvendo canudos de papel ecologicamente corretos até o fim deste ano

Créditos: Lyudmila Shabalovskaya/Divulgação

Tetra Pak está desenvolvendo canudos de papel para suas embalagens individuais

A fabricante sueca de embalagens para alimentos afirma que já vem trabalhando para estimular o consumidor a inserir o canudo dentro da caixinha após o consumo da bebida, de forma que ambos sejam encaminhados para reciclagem de maneira segura.

Canudos de plástico demoram dezenas de anos para se decompor

Créditos: workretro/Shutterstock

Canudos de plástico demoram dezenas de anos para se decompor

O objetivo do investimento atual para criação de canudos ecologicamente corretos é reduzir a poluição ambiental causada pelo plástico. Segundo a campanha "The Last Plastic Straw" (o último canudo de plástico), o canudinho está entre os 10 materiais mais encontrados durante recolhimentos de mutirões realizados em praias e oceanos do mundo. Somente nos EUA, são usados 500 milhões de canudos diariamente.

A guerra contra os cilindros de plástico ganhou força em 2015, depois que o vídeo de uma tartaruga viralizou na internet. Ela tinha um canudinho entalado em suas narinas. Mais recentemente, a rainha da Inglaterra, Elizabeth II, decidiu proibir produtos de plástico em todo o Reino Unido.

“Há muitos desafios no processo de produção para que os canudos de papel tenham as propriedades exigidas”, explica Charles Brand, vice-presidente executivo de operações de manutenção de produtos e comerciais. O executivo pondera que, apesar das dificuldades, a equipe está confiante que encontrará uma alternativa sustentável para ser lançada antes do fim do ano.

Em média, as embalagens da Tetra Pak são compostas por 75% de papel cartonado. A longo prazo, a empresa pretende oferecer uma variedade composta totalmente por materiais de origem renovável. Até lá, uma sugestão: beba diretamente no copo – não descartável, claro.

Leia também: Canudinho comestível e biodegradável é opção ao de plástico

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, especialista em soluções sustentáveis.

Veja também

Reciclagem de roupa de cama de hotel produz pijamas infantis

Aprenda a fazer repelente e conservante natural

Garrafa biodegradável é alternativa a embalagens PET poluentes

Colmeia modular estimula produção de mel caseiro

Jardins de chuva viram redutos de área verde em São Paulo

Aparelho fornece energia solar e internet a comunidades isoladas