Cláudia da Silva Ferreira é o nome que aparece nas manchetes dos noticiários policiais do momento. Notícias que contam o fim de sua vida: baleada e arrastada por 250 metros por uma viatura da PM no Rio de Janeiro. Um nome e um caso.

No entanto, sua trajetória não se resume aos seus últimos e sofridos minutos. Cláudia tinha família, história, sentimentos. É para mostrar este outro lado que o blog Think Olga lançou a iniciativa "100 vezes Cláudia", que reúne homenagens a ela feitas por artistas gráficos.

Catraca Livre

Créditos: Catraca Livre

A redação do Catraca Livre também colaborou com a campanha

"As denúncias da barbárie ocorrida são importantes e elas não devem cessar. Mas fugir do sensacionalismo e humanizar esse momento também é. Por isso, nos propusemos a retratar Cláudia com mais carinho do que o visto nos últimos dias", diz a descrição do projeto.

Mande sua colaboração para o blog Think Olga, e veja algumas imagens da "100 vezes Cláudia", criadas para ilustrar essa história de maneira mais humana: