Movida pela escassez de informação de qualidade sobre HIV/AIDS na imprensa em geral, a jornalista Roseli Tardelli criou em maio de 2003 a Agência de Notícias da Aids. A ideia é que o portal concentre artigos produzidos por especialistas da área da saúde, textos produzidos por pessoas que vivem com HIV/aids, dados sobre a evolução da epidemia no mundo e os resultados das pesquisas e descobertas mais recentes sobre o tema.

divulgação

Créditos:

Nos anos 80 a Aids cresceu no ritmo de 35% ao ano no Brasil, com um total de até 31 novos casos por dia

Atualmente a agência trabalha com um mailing de mais de 1200 pessoas entre jornalistas, ativistas e integrantes da comunidade científica. O site reúne também sugestões de leitura, contatos de palestrante especializados e um guia completo de serviços relacionados como ONGs, hospitais e Centros de Referência.

Moçambique

Uma das grandes vitórias da agência foi a conquista de um braço na África com a criação da Agência de Notícias de Resposta ao SIDA, em Moçambique. A função deste portal é muito semelhante à da versão brasileira, mas num contexto histórico e cultural bem diferente.