Harrison Ford fora de "Star Wars" e "Indiana Jones"? Nicolas Cage como um herói de "O Senhor dos Anéis"? Emma Watson protagonizando "La La Land"? Sim, todos esses cenários foram possibilidades durante o desenvolvimento de alguns dos filmes mais famosos do cinema.

Para alguns artistas, ter rejeitado ou ter perdido um papel que depois se tornou clássico pode ser motivo de arrependimento; já outros reconhecem que "se não foi, não era para ser". Confira alguns personagens que quase foram interpretados por outros atores nas telonas:

Emma Watson: Mia em "La La Land"

Créditos: "A Bela e a Fera" / reprodução ; "La La Land" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Emma Watson e Emma Stone

Por pouco que Emma Watson não esteve no grande destaque do Oscar de 2017, "La La Land". A atriz iria fazer a protagonista de Mia, mas as negociações não foram para frente porque ela estava envolvida no projeto de "A Bela e a Fera", que demandava muito do seu tempo. Dessa forma, a vaga ficou para outra Emma: a Stone, que ganhou um Oscar pelo seu desempenho no musical de Damien Chazelle.

Jack Nicholson: Michael Corleone, da trilogia "O Poderoso Chefão"

Créditos: "O Iluminado" / reprodução; "O Poderoso Chefão" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Jack Nicholson e Al Pacino

O papel que rendeu duas nominações ao Oscar de Melhor Ator a Al Pacino quase foi de Jack Nicholson. O ator que "O Iluminado" explicou ao Movieline: "Na época, eu acreditava que indianos deveriam interpretar indianos e italianos deveriam interpretar italianos". E adicionou: "há muitos atores que poderiam ter feito o Michael, como eu mesmo, mas o Al Pacino era o [personagem]. Não consigo pensar em um elogio melhor para fazer a ele".

Bette Midler: Deloris Van Cartier em "Mudança de Hábito"

Créditos: "Abracadabra" / reprodução; "Mudança de Hábito" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Bette Midler e Whoopi Goldberg

Bette Midler considera que não ter feito "Mudança de Hábito" foi um grande erro que ela cometeu na sua carreira. "[O papel] foi escrito para mim, mas eu disse: 'meus fãs não vão querer me ver como uma freira'", ela admitiu em entrevista ao Metro. "Não sei de onde tirei aquilo. Por que eu diria isso? Então a Whoopi [Goldberg] fez a personagem, e, é claro, fez uma fortuna".

Al Pacino: Han Solo, da franquia "Star Wars"

Créditos: "O Poderoso Chefão" / reprodução; "Star Wars" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Al Pacino e Harrison Ford

Do mesmo jeito que Al Pacino conseguiu a vaga de Michael Corleone, acabou deixando passar a oportunidade de encarnar Han Solo na franquia "Star Wars". "[O papel] era meu, mas eu não entendi o script", ele confessou em 2013, de acordo com o The Telegraph. O resto da história a gente já sabe: Harrison Ford ficou no lugar de Pacino e hoje não conseguimos imaginar um Han Solo que não seja ele".

Sean Connery: Gandalf, das franquias "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit"

Créditos: "Armadilha" / reprodução; "O Senhor dos Anéis" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Sean Connery e Ian McKellen

O ator que viveu um dos agentes 007 no cinema perdeu alguns milhões de dólares ao recusar a oferta de viver o mago Gandalf em "O Senhor dos Anéis" – e, consequentemente, nos filmes de "O Hobbit". Segundo o site Celebritynetworth, o motivo do "não" foi o mesmo do caso de Al Pacino e Han Solo: Connery não entendeu bem o papel. Quem tomou o seu posto foi outro sir britânico: Ian McKellen.

Will Smith - Neo, da trilogia "Matrix"

Créditos: "Homens de Preto" / reprodução; "Matrix" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Will Smith e Keanu Reeves

Will Smith é mais um para lista de astros que deixaram oportunidades passarem por causa do roteiro. "Matrix tem um conceito difícil", ele observou em uma entrevista à Wired. "Eu vi a performance do Keanu Reeves [como Neo] – e digo isso muito raramente – mas eu teria estragado [o filme]".

Molly Ringwald: Vivian Ward em "Uma Linda Mulher"

Créditos: "Clube dos Cinco" / reprodução; "Uma Linda Mulher" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Molly Ringwald e Julia Roberts

Molly Ringwald é conhecida por seu trabalho em "Clube dos Cinco", e por pouco que também não estrelou em outro filme icônico: "Uma Linda Mulher". Ela era uma das opções para o papel de Vivian Ward, mas não se arrepende de não ter ganhado o trabalho: "Julia Roberts é o que faz o filme. O papel era dela. Todo ator espera por um trabalho que os fará brilhar dessa maneira", disse.

Tom Selleck: Indiana Jones

Créditos: "Magnum P.I." / reprodução; "Indiana Jones" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Tom Selleck e Harrison Ford

Harrison Ford é sortudo mesmo: ele também não foi a primeira opção para fazer o Indiana Jones em "A Última Cruzada". George Lucas, o criador de "Star Wars", coescreveu o filme do famoso arqueologista com Steven Spielberg, e não queria que Ford estivesse em um título seu de novo. "Eu disse: 'ai, Steven. Ele esteve em dois dos meus filmes. Não quero que ele seja meu Bobby De Niro", confessou o cineasta em um vídeo do making of de "Indiana Jones".

Dessa forma, Tom Selleck fez o teste para o papel; e se saiu muito bem. No entanto, ele já havia se envolvido com a série "Magnum P.I.", e não pôde aceitar por causa do seu contrato.

Angela Bassett: Leticia em "A Última Ceia"

Créditos: "Tina" / reprodução; "A Última Ceia" / reprodução

Angela Bassett e Halle Berry

Halle Berry se tornou a primeira mulher negra a ganhar um Oscar de Melhor Atriz por sua interpretação de Leticia em "A Última Ceia". No entanto, para Angela Bassett, o papel era muito degradante; e, por isso, ela não o aceitou. "Não ia fazer uma prostituta em um filme", ela disse ao site Entertainment Weekly. "Eu não poderia fazer [o papel] porque era um estereótipo sobre mulheres negras e sexualidade. Filmes são para sempre. É sobre entregar algo de que você pode sentir-se orgulhosa para sempre".

Marilyn Monroe - Holly Golightly em "Bonequinha de Luxo"

Créditos: "O Pecado Mora ao Lado" / reprodução; "Bonequinha de Luxo" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Marilyn Monroe e Audrey Hepburn

Parece impossível de imaginar qualquer pessoa que não a Audrey Hepburn como Holly Golightly em "Bonequinha de Luxo", não é? Pois o papel só chegou a ela após ser recusado por outra estrela: Marilyn Monroe.

O filme é baseado em um livro de Truman Capote, e o autor queria que Monroe o protagonizasse. Quem barrou a ideia foi o mentor da artista, Lee Strasberg; segundo ele, fazer uma "prostituta" no cinema seria ruim para a imagem dela. E, assim, ela disse "não".

Nicolas Cage - Aragorn na trilogia de "O Senhor dos Anéis"

Créditos: "Motoqueiro Fantasma" / reprodução; "O Senhor dos Anéis" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Nicolas Cage e Viggo Mortensen

Nicolas Cage como um dos maiores heróis da Terra Média? Sim, isso quase aconteceu. O ator disse ao site Newsweek que recebeu a oferta para ser o Aragorn, mas na época, vários fatores em sua vida o impediram de fazer várias viagens a trabalho e passar três anos longe de sua família. Mas nada de arrependimentos; ele considera que esse sentimento é "uma perda de tempo".

Eric Stoltz - Marty McFly na trilogia "De Volta Para o Futuro"

Créditos: "Memphis Belle: A Fortaleza Voadora" / reprodução; "De Volta Para o Futuro" / reprodução (montagem: Catraca Livre)

Eric Stoltz e Michael J. Fox

Não se engane: Michael J. Fox de fato era a primeira escolha para fazer o protagonista da querida trilogia de filmes dos anos 80. A questão é que ele estava muito ocupado gravando a série "Family Ties" (também conhecida como "Caras e Caretas") na época. Por isso, quem tomou o seu lugar foi Eric Stoltz – por cinco semanas de gravações. O diretor Robert Zemeckis decidiu trocar de astro, e justificou à Entertainment Weekly: "O Eric é um ator muito bom, e eu decidi colocá-lo no filme. Acontece que os instintos dele e o tipo de comédia que estávamos fazendo não estavam funcionando juntos".

Como eram os atores de 'Game of Thrones' antes da série