Depois de Globo, SBT e Record, chegou a vez da Band. A emissora deve demitir mais de 300 profissionais do grupo, segundo informações de Flavio Ricco, colunista do UOL, e do blog TelePadi.

Créditos: Reprodução/Band

Reestruturação na Band deve ter corte de 300 funcionários

A reestruturação, que deve atingir cerca de 30% da empresa, teve início na quinta-feira, dia 4, e atingiu as áreas técnica, de operações, a de jornalismo e a de produção.

Já em dezembro, o vice-presidente de Programação e Comercial, Diego Guebel, foi dispensado.

O clima estava tão tenso na equipe desde então que uma questão menor, como saber quem folgaria no Natal e no Ano Novo, deu origem a uma briga com direito a agressão física entre dois profissionais numa ilha de edição.

Os dois editores foram demitidos por justa causa. O departamento de Jornalismo da Band ainda não havia fechado as escalas justamente por que não sabia ainda quem seria demitido e quem permaneceria na emissora, diz o TelePadi.

Em nota ao blog, a Band admitiu que está promovendo "ajustes em suas operações" e que a reestruturação é "acima de tudo redesenho de processos em busca de mais eficiência”. A Band nega que os cortes cheguem a 300 profissionais, mas não informou o número de demissões.

SBT em chamas! Carlinhos Aguiar é demitido e culpa Mara