Não tem a ver com Esquerda ou Direita, tem a ver com humanismo, empatia, respeito a vida!

Mais uma travesti foi morta com requintes de crueldade no Brasil, ela se torna parte das assombrosas estatísticas de um país que finge não ver a violência contra a mulher, que recusa aceitar que é racista, avesso a gays, lésbicas e transgêneros.

O nosso lindo Brasil, de povo misturado, ainda não aprendeu sobre tolerância na prática. Ama o discurso, porém, encarna-lo parece um verdadeiro desafio. Basta!

Em memória de Dandara, de Luis Indio da Costa, e de tantos outros nomes que não caberiam aqui.

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.